Prazo para índios deixarem fazenda em Mato Grosso do Sul termina hoje

Da Agência Brasil
Em Brasília

Termina na manhã de hoje (11) o prazo de 48 horas dado pela Polícia Federal (PF) para que 36 famílias guarani kaiowá da aldeia Laranjeira Nhanderu, no município de Rio Brilhante (MS), deixem pacificamente parte de uma fazenda ocupada por eles há quase dois anos e onde alegam terem vivido seus antepassados.

A reintegração de posse foi determinada pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região. De acordo com a PF em Dourados (MS), agentes vão até o local acompanhados de um oficial de Justiça para verificar se os índios cumprirão o acordo. Caso a saída não se efetive, a PF vai planejar uma operação de desocupação da área.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos