Morre aos 90 anos o escritor Antônio Olinto

Do UOL Notícias*
Em São Paulo

Atualizado Às 19h09

Morreu na madrugada deste sábado (12) o escritor Antônio Olinto, 90, membro da Academia Brasileira de Letras. De acordo com informações da ABL, Olinto teve falência múltipla dos órgãos, e morreu por volta de 4h30, em Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro. O escritor era viúvo e não tinha filhos.
  • Arquivo Folha Imagem

    Olinto teve falência múltipla dos órgãos, e morreu por volta de 4h30, em Copacabana, no Rio


Nascido em em Ubá (MG), o escritor ocupava a oitava cadeira da ABL desde sua eleição em julho de 1997. Olinto foi crítico literário do jornal "O Globo" durante 25 anos, responsável pela seção "Porta de Livraria". Era poeta e ensaísta e também publicou obras de romance, crítica literária e análise política. Olinto dirigiu e apresentou os primeiros programas literários de televisão no Brasil, na TV Tupi, e em seguida nas TVs Continental e Rio.

O corpo foi enterrado por volta das 16h45 no mausoléu da ABL no Rio. O velório aconteceu no Petit Trianon, da Academia, onde 16 acadêmicos compareceram para consolar a família

"Perde o Brasil um de seus mais ilustres intelectuais, e a Academia um de seus mais atuantes confrades", afirmou, em nota, o presidente da ABL, Cícero Sandroni. A Academia determinou luto oficial por três dias.

Na próxima quinta-feira, após sessão de homenagem a Olinto, será aberta a vaga do escritor. A ABL receberá, em até 30 dias, as candidaturas para sua substituição.

*Com informações da Folha Online

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos