Sem chuva, nível dos rios baixa rapidamente em SC

Fabiana Uchinaka*
Do UOL Notícias
Em São Paulo

Os níveis dos rios e do mar no Vale do Itajaí e no litoral sul de Santa Catarina estão baixando rapidamente na tarde desta segunda-feira (14). O sol voltou a aparece no Estado depois de uma semana de chuvas intensas e vendavais, que provocaram destruição, alagamentos e deslizamentos na região.

Depois dos tornados

  • Valter Campanato/Agência Brasil

    Desabrigados reclamam por comida e ajuda após devastação na região oeste de Santa Catarina



Segundo o meteorologista Daniel Calearo, do Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina (Ciram), o rio Araranguá, na cidade litorânea de mesmo nome, baixou dos 3 m registrados durante o fim de semana para 1,58 m hoje.

Em Taió, no Vale do Itajaí, o nível do rio chegou a 7 m nos últimos dias e agora já registra 6,6 m. Mas o nível ainda está acima da marca de alerta para transbordamento, que é de 4 m. Na segunda-feira, quando começaram as chuvas, o nível estava em apenas 1,11 m.

Os demais rios de Santa Catarina estão com níveis abaixo de 4 m, informa o Ciram.

"Todos os rios começaram a baixar e esta é a tendência para os próximos dias. Pelo menos até quarta-feira, quando há previsão de novas chuvas", diz Calearo.

A maré estava alta na manhã de hoje, mas também já começou a baixar. De acordo com o meteorologista, a expectativa é de que nos próximos dias a maré baixe de 20 a 40 cm, dependendo da gravidade. "O mar fica menos agitado, com ondas abaixo de 2 m, e isso também ajuda as águas escoarem mais rapidamente", explica.

O último balanço da Defesa Civil de Santa Catarina aponta que 12,8 mil pessoas e mais de 19,5 mil casas foram atingidas pelas chuvas, vendavais e enxurradas que a região Sul enfrenta desde a semana passada. Já são 173 feridos e cinco mortos - quatro em Guaraciaba, no extremo oeste, e um em Praia Grande, no sul.

Estão em situação de emergência 68 municípios, 65 deles beneficiados por um decreto estadual. Outras oito cidades foram afetadas, totalizando 77 municípios atingidos. Guaraciaba, por onde passou um tornado, é o único em estado de calamidade pública.

Outras 80 mil pessoas foram afetadas pela subida das águas na bacia do Vale do Araranguá.

Números da tragédia em SC

  • 1.897

    desabrigados

    (pessoas que deixaram suas
    casas e foram para abrigos públicos)

  • 10.440

    desalojados

    (pessoas que deixaram suas casas e se abrigaram com familiares)

  • 291

    deslocados

  • 173

    feridos

  • cinco

    mortes

Fonte: Defesa Civil de Santa Catarina


Previsão de chuva
De acordo com os meteorologistas da Somar, novas áreas de instabilidade formam-se entre a Argentina, Paraguai e a região Sul nesta terça-feira e até o final do dia voltam a provocar pancadas de chuva com trovoadas no centro e noroeste do Rio Grande do Sul, oeste de Santa Catarina e centro e oeste do Paraná.

"Há risco de temporais em algumas localidades, especialmente no Estado do Paraná", afirma o meteorologista Celso Oliveira.

Já no leste da região, o sol predomina ao longo da terça-feira. O dia começa com mínima entre 12°C e 14°C em boa parte dos três Estados e a máxima não passa dos 22°C no leste de Santa Catarina e do Paraná e no sul do Rio Grande do Sul.

Na quarta-feira, as áreas de instabilidade ganham força e se espalham pela região Sul. Apenas o litoral permanecerá com tempo seco e ensolarado. Segundo os meteorologistas da Somar, há risco de temporais, especialmente ao longo da fronteira do Rio Grande do Sul com a Argentina, onde o acumulado pode passar dos 60mm em 24 horas em algumas localidades.

Na quinta-feira, as chuvas atingem boa parte da região, sendo que elas serão mais intensas no centro e leste do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.

Na sexta-feira, a formação de uma nova frente fria provoca chuvas fortes e generalizadas no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e sudoeste do Paraná. Há risco de temporal, descarga elétrica, queda de granizo e vento moderado a forte, com rajadas inensas.

Cidades atingidas por vendavais e tempestades em Santa Catarina



*Colaborou Luiz Nunes, em Florianópolis

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos