Lojas Americanas é condenada a pagar R$ 7.000 a cliente acusado indevidamente por furto

Do UOL Notícias
Em São Paulo

A rede de lojas Americanas foi condenada a pagar R$ 7.000 em indenização por danos morais a um cliente acusado de forma equivocada por furto. A decisão é da desembargadora Sirley Abreu Biondi, da 13ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ).

Francisco Candido da Silva foi abordado por um segurança da loja a cerca de 50 metros do estabelecimento e acusado de ter roubado artigos da unidade. Ao se dirigir à loja, outro segurança informou que Silva não era o autor do furto, segundo o TJ-RJ.

Para a relatora do processo, o fato de os seguranças não terem se comportado de forma agressiva não isenta a loja. "Para o reconhecimento da falha do serviço não se exigiria um comportamento agressivo por parte dos seguranças da empresa (...) O mero fato de ter confundido o autor, abordando-o na rua, na presença de sua família, tendo que permanecer no estabelecimento para lograr comprovar sua idoneidade (...) já é suficiente a caracterizar o fato do serviço".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos