Menos de 3% dos paulistas usam rede privada para vacinar filhos

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Levantamento da Secretaria de Saúde de São Paulo divulgado nesta terça-feira (15) aponta que 97,5% dos paulista usam predominantemente o SUS (Sistema Único de Saúde) para vacinar seus filhos, sendo que 76,4% usa apenas a rede pública.

Segundo a pesquisa, 21,1% das pessoas usam os dois tipos de atendimento, apenas 2,1% usa exclusivamente a vacinação oferecidas por convênios e clínicas particulares.

Dos que preferem os serviços privados, 63,5% dizem que só utilizam para vacinas que não são distribuição no SUS.

A maioria ds entrevistados consideram o serviço de vacinação da rede pública ótimo ou bom (76,3%). Os que acham regular somam 19,6% e os que acham ruim ou péssimo, 4%.

A pesquisa ouviu 10.953 pessoas, atendidas entre 2007 e 2008, em serviços públicos e particulares de saúde do Estado, de acordo com a base de dados da Declaração de Nascidos Vivos.

"A vacinação pela rede pública contribuiu para erradicar doenças transmissíveis como varíola e paralisia infantil, e a controlar diversas outras como o sarampo, a rubéola e a difteria", destacou o secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata, em nota.

Vacinação contra poliomielite
Dia 19, sábado, é dia de vacinação contra a poliomielite em todo o Estado de São Paulo. Nesta segunda fase da campanha, a meta é vacinar 2,9 milhões de crianças com menos de cinco anos.

Serão mobilizados 15.994 postos de vacinação fixos e volantes, que funcionarão das 8h às 17h. Mais de 50 mil profissionais de saúde, 4,2 mil veículos, 76 ônibus e sete barcos devem ser envolvidos na operação.

Além da vacina contra a poliomielite, as crianças que forem aos postos de saúde poderão receber ainda vacinas como a tetravalente (contra difteria, tétano, coqueluche), tríplice viral (contra sarampo, caxumba e rubéola) e contra hepatite.

O Estado de São Paulo não registra casos de paralisia infantil há 21 anos, mas a vacinação de crianças continua sendo importante, porque o vírus da pólio ainda circula em países da África e da Ásia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos