"Sistema de abastecimento de São Luís pode sofrer colapso total", diz presidente da companhia de águas do MA

Guilherme Balza
Do UOL Notícias
Em São Paulo

O presidente da Companhia de Águas e Esgotos do Maranhão (Caema), João Reis Moreira Lima, afirmou que a situação do sistema de abastecimento de São Luís é crítica e está a beira de sofrer um "colapso total". O rompimento de um trecho da adutora pela qual passa a água que abastece a cidade (veja o mapa abaixo), no domingo (13), deixou sem água cerca de 600 mil pessoas, ou 60% da população. A previsão da Caema é que até amanhã o fornecimento se normalize em todos os bairros.

Segundo Moreira Lima, a água que abastece a capital maranhense - que fica em uma ilha - é captada no continente, a aproximadamente 70 km da cidade. "O trecho da adutora do Campo de Perizes (onde ocorreu o último rompimento), por onde passa a água que chega no município, está todo corroído. O sistema de abastecimento de São Luís pode sofrer um colapso total", diz

De acordo com o presidente da Caema, de 2003 até hoje foram 15 rompimentos da adutora, que foi construída há mais de 30 anos e nunca foi reformada. "Só nesse ano foram quatro rompimentos. E a cada vez que rompe cerca de 60% da população de São Luís fica cinco, seis dias sem água", afirma

O péssimo estado de conservação da adutora prejudica o fornecimento diário de água a cerca de 150 mil habitantes, segundo Moreira Lima. Para realizar a reforma da adutora e melhorias no sistema, ele estima que seriam necessários recursos em torno de R$ 210 milhões. "O governo do Estado não tem esse dinheiro. Estamos negociando com o Ministério das Cidades e tentando sensibilizar o governo federal", diz.

Os bairros afetados pelo último rompimento são: Alemanha, João Paulo (parcial), Filipinho, Vinhais, Recanto dos Vinhais, Renascença, São Francisco, Ponta do Farol, Maranhão Novo, Ipase, Choafuma, Vila Palmeira, Coroadinho, Ivar Saldanha, Vicente Fialho, Anil (parcial), Vila Itamar, Calhau (parcial), Coheb Sacavém, Itaquibacanga, Angelim, Bequimão e Cohama.

São Luís (Maranhão)

  • Reprodução/UOL Mapas

    A água que abastece São Luís vem do continente; o Campo de Perizes, onde ocorreu o rompimento da adutora, fica logo após a saída da ilha

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos