Chuva volta a atingir RS e eleva número de desabrigados; situação melhora em SC

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Pancadas de chuva voltaram a atingir várias regiões do Rio Grande do Sul nesta quarta-feira (16) e elevaram o número de desabrigados e desalojados, segundo a Defesa Civil Estadual. No total, 2.399 pessoas tiveram que deixar suas casas e foram acomodadas em casas de amigos e parentes (desalojados). Outras 2.783 estão alojadas em abrigos públicos (desabrigados).

Chuvas no Sul, seca no Piauí

Sem chuvas há quatro meses e com perdas agrícolas que chegam a 50%, a Defesa Civil do Piauí solicitou ao Ministério da Integração Nacional o envio imediato de carros-pipa para abastecer 76 cidades piauienses que enfrentam a seca - pouco mais de um terço dos municípios do Estado


Em todo o Estado, 43 cidades foram afetadas e 23 decretaram situação de emergência. Ao menos 71 casas ficaram completamente destruídas e outras 4.614 sofreram danos. Sete rios estão com o nível acima do normal e correm o risco de transbordar (rios Caí, Sinos, Gravataí, Guaíba, Jacuí, Taquari e Uruguai). Durante o último fim de semana, duas pessoas morreram devido às chuvas.

De acordo com a Defesa Civil, deve chover no Estado até sexta-feira (18), com possibilidade de granizo, ventos fortes e temporais.

O ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima (PMDB), disse que o governo federal irá liberar R$ 5 milhões ao Rio Grande do Sul para a reconstrução das 71 casas destruídas pelas chuvas.

Geddel e a governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB), sobrevoaram de helicóptero, durante 40 minutos nesta quarta, os municípios gaúchos atingidos pelas cheias dos rios Taquari, Jacuí, Caí, Sinos e Guaíba.

Neste ano, o governo federal liberou R$ 70 milhões ao Rio Grande do Sul para atender danos causados pelo clima. Do total repassado, R$ 30 milhões foram destinados a atender os afetados pelas chuvas de janeiro no sul do Estado. Os R$ 40 milhões restantes foram liberados para a compra de equipamentos de combate à seca, que também atingiu o RS no primeiro semestre.

Outros Estados
Já em Santa Catarina, o tempo mais seco fez com que as famílias atingidas pela chuva começassem a voltar para casa. Segundo o balanço mais recente da Defesa Civil Estadual, os desalojados caíram de 9.765 para 8.852. Ainda há 1.251 pessoas desabrigadas nas 82 cidades afetadas pela chuva.

O número de municípios em situação de emergência caiu de 74 para 55. Ainda em SC, cinco pessoas morreram e 170 ficaram feridas em razão das chuvas dos últimos dias.

No Paraná, não foram registradas pancadas intensas de chuva, segundo a Defesa Civil Estadual. Ao todo, seis municípios estão em situação de emergência e outros 59 foram atingidos pelas chuvas dos últimos dias. Foram afetadas, no Estado, 31.773 pessoas, das quais 2.847 ficaram desalojadas e 140 desabrigadas. Ao todo, 3.848 casas sofreram algum tipo de prejuízo e 17 chegaram a ficar destruídas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos