Chuva deve dar trégua na região Sul durante o fim de semana, mas volta na segunda-feira

Do UOL Notícias
Em São Paulo

O fim de semana no Sul do país não deverá ser chuvoso, mas a previsão é que a partir de segunda-feira, com a chegada de uma frente fria à região, volte a chover com força, inclusive com a possibilidade de tempestades de granizo e ventos fortes.

Em Santa Catarina, após vários dias de chuva, o fim de semana será de tempo firme, com aberturas de sol e temperatura em elevação em boa parte do Estado, segundo o Centro de Informações Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina (Ciram). Até domingo, a chuva deve ocorrer de forma isolada, sobretudo na porção norte do Estado.

A previsão do Ciram é de chuvas mais intensas e temporais com granizo e vendavais de até 70 km/h entre a tarde de segunda e a terça-feira devido à formação e deslocamento de uma frente fria no Sul do Brasil. Em algumas cidades, sobretudo no oeste e litoral sul, o volume de chuva poderá ficar entre 50 mm e 80 mm, o que pode provocar alagamentos e deslizamentos.

Mais de 11 mil pessoas tiveram que sair de casa em Santa Catarina nos últimos dias - 9.093 desalojados (acolhidos em casas de amigos e parentes) e 2.370 desabrigados (conduzidos a abrigos públicos) em 91 municípios. Aproximadamente 104 mil pessoas sofreram algum tipo de prejuízo no Estado, entre elas 17 que ficaram feridas. O número de cidades em situação de emergência subiu para 62.

Mortes
A Defesa Civil Estadual de Santa Catarina confirmou, nessa quinta-feira (1º), mais duas mortes em razão das chuvas dos últimos dias no Estado, totalizando três óbitos. Em Mafra, Geraldo Pansil, de 52 anos, realizava manutenção na tubulação de água de sua residência, próximo a um córrego, quando, segundo o Corpo de Bombeiros, ele foi arrastado e morreu afogado, na localidade de Augusto Vitória.

Em Blumenau, Madalena Dirksen, de 56 anos, cuidava da criação de animais que possui em um rancho, na localidade rural de Texto do Salto, quando uma estrutura caiu e ela foi arrastada para um açude. O IML (Instituto Médico Legal) esteve no local, mas ainda não confirmou a causa da morte, se por afogamento ou choque elétrico, já que havia fiação elétrica no local.

Também ontem, os bombeiros do município de Canela (RS) localizaram o corpo de Lindomar Ferreira, 48, um dos dois homens que desapareceram no último domingo (27) após serem arrastados pela correnteza na barragem do Salto (RS), segundo informações do Corpo de Bombeiros de Canela.

Eles sumiram depois que se refugiaram sobre a cabine do caminhão em que trafegavam no limite entre as cidades de Canela e São Francisco de Paula, no Rio Grande do Sul. Cerca de 15 bombeiros continuam as buscas por Paulo Ferreira, 49, amigo de Lindomar.

Com a confirmação dessa morte, sobe para seis os óbitos na região Sul por conta das chuvas dos últimos dias. Na terça-feira (29) de madrugada, um homem de 44 anos morreu depois de se recusar a deixar uma área de risco em Taquara, no Rio Grande do Sul. No domingo, na serra gaúcha, um homem morreu dentro de seu carro quando o mesmo foi arrastado pelas águas num acesso secundário à cascata do Caracol, em Canela.

Rio Grande do Sul
Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), não choverá no Rio Grande do Sul até segunda-feira (5). Amanhã e domingo o tempo estará parcialmente nublado, com névoa úmida e seca no decorrer do dia. Na segunda e terça, o tempo será nublado com pancadas de chuva, trovoadas e possibilidade de chuvas fortes e queda de granizo em áreas isoladas do oeste e sul do Estado.

No Rio Grande do Sul, o número de desalojados caiu de 3.600 para 300 e o de desabrigados de 1.118 para 200, entre quarta-feira e hoje, segundo balanço da Defesa Civil Estadual. Os fenômenos dos últimos dias deixaram 25 municípios em situação de emergência. Ao todo são 51 cidades com esse status, mas as outras 26 cidades foram atingidas por intempéries em outras semanas.

No Paraná, os temporais trouxeram prejuízo para 9.616 pessoas em 28 municípios. Há no Estado 776 desalojados e 555 desabrigados, além de pelo menos 1.179 casas com algum tipo de dano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos