Tempo melhora em Santa Catarina

Da Agência Brasil

A chuva deu uma trégua em Santa Catarina. Segundo a Defesa Civil estadual, a previsão para este final de semana é de céu nublado com abertura de sol, temperatura em elevação e chuvas isoladas no norte do estado. O tempo deve mudar novamente a partir de amanhã (4) ou de segunda-feira (5) e pode ocorrer forte instabilidade, com possibilidade de chuvas mais intensas, temporais com granizo e vendavais devido a uma frente fria que se deslocará na Região Sul.

O volume de chuvas será mais significativo (50 a 80mm) em alguns municípios, especialmente do oeste ao litoral sul, e pode provocar novos alagamentos e deslizamentos, alerta a Defesa Civil.

Até o momento, 96 municípios catarinenses foram atingidos por enxurradas, vendavais, queda de granizo e deslizamentos, dos quais 64 estão em situação de emergência.

Três pessoas morreram e o número de desabrigados chega a 2.370 em consequência das fortes chuvas que castigam o estado. Segundo o técnico Orlando Souza, da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), 103.293 pessoas foram afetadas e 9.093 estão desalojadas. A Defesa Civil está atualizando os números por meio de informações enviadas pelas prefeituras.
A Epagri alerta que durante boa parte da primavera haverá muita chuva e o clima vai sofrer forte influência do fenômeno climático El Niño, que provoca aquecimento anormal das águas superficiais no Oceano Pacífico. Segundo nota publicada no site da empresa, "o El Niño intensifica os sistemas meteorológicos que atuam no Sul do Brasil, resultando em chuvas intensas e fortes temporais com granizo e vendavais, por vezes com valores de chuva esperados para um mês inteiro ocorrendo em apenas 24 horas".

A Secretaria Nacional de Defesa Civil já autorizou o repasse de R$ 26 milhões para a recuperação de ruas, residências e espaços públicos nas áreas afetadas pela chuva em Santa Catarina que estão em estado de emergência. A portaria foi publicada no Diário Oficial da União no último dia 28.

Os recursos servirão também para a compra de combustível dos veículos que serão utilizados na remoção dos escombros e à mão de obra necessária ao desenvolvimento dos trabalhos de recuperação. A transferência dos recursos deverá ocorrer em um prazo de seis meses, a contar da data de publicação da portaria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos