Funcionários da Caixa Econômica Federal decidem continuar em greve

Do UOL Notícias*
Em São Paulo

Atualizado às 21h46

Após assembleias realizadas na noite desta quarta-feira (14), os funcionários da Caixa Econômica Federal decidiram manter a greve nacional da categoria.

Além de São Paulo, votaram pela continuação da paralisação os sindicatos de Brasília, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre, Florianópolis, e dos Estados do Ceará, Pernambuco, Bahia, Piauí, Sergipe, Paraíba, Alagoas, Rio Grande do Norte, Espírito Santo, Mato Grosso, Rondônia, Pará e Amapá. As informações são da Contraf (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro).

A paralisação, iniciada no último dia 24, entra nesta quinta-feira em seu 22º dia. Os bancários decidiram recusar a proposta salarial do banco, apresentada na terça-feira (13). De acordo com a Contraf , a manutenção da greve foi orientada pelo Comando Nacional dos Bancários após apresentação de proposta da Caixa.

Entretanto, em algumas cidades no interior de São Paulo e do Paraná, como Bragança Paulista, Guarulhos, Jundiaí, Guarapuava, Toledo e Umuarama, a proposta da Caixa foi aceita e a greve encerrada.

Os funcionários dos demais bancos já voltaram ao trabalho após aprovar o fim da greve no último dia 8, acatando proposta salarial apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban).

Segundo a confederação, a proposta não atende reivindicações consideradas fundamentais como a isonomia de direitos, evolução no Plano de Cargos Comissionados (PCC) e aumento no número de novas contratações.

*Com informações da Agência Brasil

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos