Doação de órgãos bate recorde em SP

Do UOL Notícias
Em São Paulo

O Estado de São Paulo já superou em 11,7% o total de doadores de órgãos registrados em 2008, dois meses antes do ano terminar. Segundo balanço da Secretaria de Saúde com base nos dados da Central Estadual de Transplantes, até 13 de outubro foram contabilizados 543 doadores viáveis (que tiveram órgãos aproveitados para transplante), contra 486 no ano passado, 1.443 cirurgias, contra 1.395 em 2008.

Houve também 77 transplantes de coração, 98 de pâncreas, 801 de rim, 443 de fígado e 24 de pulmão.

Para a secretaria, o crescimento veio com o aprimoramento do trabalho de captação nos hospitais e com a implantação do projeto "Doar São Paulo", que criou coordenadores intra-hospitalares de doação, com a função de identificar pacientes que possam ser potenciais doadores.

Cada profissional recebe uma remuneração extra de aproximadamente R$ 4.000 por mês.

"A cada notificação de potencial doador realizada pelo hospital participante do projeto, uma mensagem é enviada automaticamente ao telefone celular do médico da Central de Transplantes responsável pelo projeto, que acompanha tudo o que está acontecendo", informou a secretaria em nota.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos