Ato do Greenpeace interrompe e adia votação de projeto apelidado de "Floresta Zero"

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Ativistas do Greenpeace fizeram um protesto na manhã desta quarta-feira (28) interrompendo a sessão da Comissão de Meio Ambiente e de Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados, em Brasília. Ao som de uma sirene, três militantes da entidade ambientalista se acorrentaram uns aos outros, levando ao plenário uma bandeira com os dizeres: "A bancada da motoserra quer acabar com nossas florestas."
  • Divulgação

    Ativistas do Greenpeace fizeram um protesto na manhã desta quarta-feira (28) interrompendo a sessão da Comissão de Meio Ambiente e de Desenvolvimento Sustentável da Câmara


A proposta era atrapalhar a votação do projeto de lei 6.424/05, de autoria do senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA). A Polícia Legislativa foi chamada e escoltou o grupo, que foi posteriormente liberado. A proposição em questão, que recebeu substitutivo do relator, deputado Marcos Montes (DEM-MG), vem sendo chamado de "Floresta Zero".

A proposta isenta de multas ambientais os proprietários de áreas desmatadas ilegalmente e dispensa a obrigatoriedade de recompor florestas degradadas, segundo a Agência Câmara. O texto de Montes permite o desmatamento de florestas nativas em casos de interesse social e utilidade pública. Além disso, assegura a manutenção e a consolidação das atividades agropecuárias existentes em áreas que foram desmatadas até 31 de julho de 2006.

Conforme cálculos de ambientalistas, o substitutivo concede anistia a proprietários ou ocupantes ilegais de mais de 35 milhões hectares desmatados ilegalmente no País - área equivalente a nove vezes o estado do Rio de Janeiro ou 18 vezes a área de Sergipe, segundo a Agência Câmara.

Após o protesto, o presidente da Comissão de Meio Ambiente e de Desenvolvimento Sustentável, deputado Roberto Rocha (PSDB-MA), adiou em uma semana o debate sobre a proposição, decisão que agradou o Greenpeace.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos