MST faz manifestação contra grilagem de terras públicas

Da Agência Brasil
Em São Paulo

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) promove hoje (29), em Iaras (SP), ato em defesa da reforma agrária, contra a grilagem de terras públicas e contra a criminalização dos movimentos sociais.

O ato pretende denunciar a utilização de terras públicas na região por diversas empresas privadas, como a Cutrale, a Luarte, a Eucatex e Luacel, entre outras.

O MST está presente na região de Iaras desde 1995. Hoje, 350 famílias estão assentadas, enquanto outras 450 permanecem acampadas, exigindo que o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e o governo federal retomem das empresas privadas as terras públicas para fins de reforma agrária.

A concentração será às 10h, na Escola Popular Rosa de Luxemburgo (sede da antiga Fazenda Agrocentro). O ato ocorre às 14h, na área social do assentamento Zumbi dos Palmares.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos