Governo bloqueia quase 1 milhão de benefícios do Bolsa Família

Gilberto Costa
Da Agência Brasil
Em Brasília

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) anunciou que 975.601 famílias inscritas no Programa Bolsa Família não receberão o benefício este mês por falta de atualização cadastral. Com a medida, o governo espera que os beneficiários procurem as prefeituras municipais e atualizem seus dados.

O dinheiro do beneficiário, pago entre os dias 17 e 30 de cada mês, será depositado na Caixa Econômica Federal e só poderá ser liberado após a atualização cadastral das famílias. O dinheiro ficará na conta por três meses. Se até janeiro as famílias não efetuarem a atualização, o benefício será cancelado e o dinheiro voltará para o Tesouro Nacional.

A exigência de atualização cadastral e a possibilidade de bloqueio estão previstas no Decreto Presidencial nº 6.135 de 2007. A atualização deveria ter sido feita até 31 de outubro deste ano.

São Paulo tem o maior número de famílias com benefício bloqueado, 165.444. Seguido da Bahia (com 97.322 famílias) e de Minas Gerais (91.663).

A atualização é uma medida de controle do programa. Além do cadastro em dia, o MDS exige que as prefeituras verifiquem até 31 de dezembro a renda de 600 mil famílias que apresentaram informações diferentes no cruzamento com os dados do Ministério do Trabalho e Emprego (Relação Anual de Informações Sociais - Rais).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos