Marinha vai abrir inquérito para investigar incêndio em navio turco que deixou um morto

Flávio Ilha
Especial para o UOL Notícias
Em Porto Alegre

Um incêndio que atingiu o navio mercante Duden, de bandeira turca, a 260 quilômetros da costa brasileira, resultou na morte de pelo menos um tripulante da embarcação. O acidente deixou outros 22 marinheiros feridos. A Marinha brasileira vai abrir investigação nesta terça-feira (24) para apurar as causas do acidente.

A morte foi confirmada pela Marinha, que resgatou os sobreviventes com duas fragatas e um navio-patrulha na manhã desta segunda-feira (23). A operação foi realizada a partir de porto de Rio Grande, no litoral do Rio Grande do Sul.

O resgate foi feito por embarcações que participam da Operação Laçador, que desde o dia 16 de novembro realizam manobras de guerra na costa gaúcha. Segundo relatório da Marinha, 20 dos marinheiros resgatados são de nacionalidade turca. Os outros dois são do Azerbaijão.

O tripulante morto não havia sido identificado pela equipe de resgate até a tarde desta segunda-feira. Os sobreviventes chegam ao porto de Rio Grande às 8h desta terça-feira (24).

O navio pegou fogo no domingo à tarde, na altura do balneário de Tramandaí. As causas do incêndio ainda são desconhecidas. Segundo a Marinha, o estado de saúde da tripulação é regular, com alguns marinheiros apresentando escoriações leves. Alguns também registram queimaduras leves.

O pedido de socorro do Duden foi captado a partir das 13h30 de domingo, segundo o 5º Distrito Naval com sede em Rio Grande. A fragata Bosísio, entretanto, só conseguiu chegar ao local do incêndio às 19h40 de domingo. A outra fragata que participou do resgate acessou o local do acidente apenas nesta madrugada.

O incêndio só foi controlado pela manhã. A Marinha investiga ainda a possibilidade de quatro pessoas estarem desparecidos, já que a informação oficial é de que a embarcação navegava com 27 tripulantes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos