Após apagão, energia é restabelecida no Acre e em Rondônia, diz Eletronorte

Andréa Zílio*
Especial para o UOL Notícias
Em Rio Branco

Atualizada às 18h24

Eletronorte descarta hipótese de chuvas terem causado apagão


Após sofrer um apagão, a energia elétrica já foi totalmente restabelecida nos municípios do Acre e Rondônia, segundo informações da Eletronorte, responsável pelo serviço. Os dois Estados estavam desde as 9h40 sem abastecimento.

A energia foi restabelecida no Acre às 17h11 e em Rondônia às 16h38 (horário de Brasília). Em Rio Branco (AC), porém, moradores reclamam de oscilações frequentes na rede. Segundo a empresa, o problema aconteceu na linha de transmissão entre as cidades de Pimenta Bueno e Vilhena, em Rondônia, mas não informou o que exatamente ocasionou a interrupção.

Vai-e-vem

  • As explicações do governo para o apagão que deixou 18 Estados às escuras


A assessoria de imprensa da Eletronorte afirma que uma investigação técnica foi iniciada para descobrir a causa do problema. Não há previsão para conclusão da investigação.

O Ministério de Minas e Energia informou que o desabastecimento começou às 11h20. No Acre, somente cidades da região do Vale do Juruá, que são abastecidas de outra forma, escaparam do transtorno.

Os dois Estados foram recentemente interligados ao Sistema Nacional Interligado (SIN), após anos operando como um sistema isolado do país. O falta de energia no Acre e Rondônia ocorre dois meses depois de um apagão ter atingido 18 Estados.

O trânsito de Rio Branco, que tem cerca de 300 mil habitantes, ficou tumultuado. O trabalho em hospitais e no aeroporto da capital do Acre funcionaram com apoio de geradores, e todos os serviços que dependem de energia elétrica, como bancos e casa lotérica, ficaram parados.

Nas ruas, os taxistas relataram problemas. "É difícil andar sem o funcionamento de sinais. Mas o trânsito de Rio Branco complica mais em horário de pico. Meio-dia foi difícil porque as pessoas retornam do trabalho, agora é torcer para que até o fim da tarde a gente não tenha que passar de novo por esse tumulto", comentou o taxista Raimundo Melo.

*Com informações da Reuters

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos