Cidadãos brasileiros já doaram R$ 315 mil ao Haiti; Google cria central de doação

Arthur Guimarães
Do UOL Notícias
Em São Paulo

  • Arte UOL

    Nome oficial: República do Haiti
    Capital: Porto Príncipe
    População: 9.035.536
    Idiomas: francês e francês crioulo
    Religião: católica, protestante,afro-americanas
    Etnias: negros (95%), mulatos e brancos (5%)
    IDH (Índice de Desenvolvimento Humano): 148º
    Tipo de governo: república presidencialista
    Divisão administrativa: o país é dividido em 10 departamentos

Abertos ontem, os diversos canais de doação para as vítimas do terremoto no Haiti já apresentam nesta tarde de quinta-feira (14) um saldo considerável. No total, as instituições que estão arrecadando dinheiro de cidadãos comuns e de empresários no Brasil já conseguiram somar, até às 15h50, pelo menos R$ 315 mil.

A ONG Viva Rio, por exemplo, em cerca de 24 horas já recebeu R$ 40 mil em dinheiro. Segundo a entidade, pela dificuldade de mandar suprimentos desde o Brasil, está sendo estudada uma forma de transferir os recursos para os funcionários que estavam atuando em projetos sociais na sede da instituição em Porto Príncipe, que sacariam o valor e comprariam os insumos - água, remédio e alimentos - em alguma região próxima, como a República Dominicana.

Interligada em todo o mundo, a Care Brasil, por sua vez, contabiliza até agora R$ 100 mil em repasses, vindos principalmente de empresas. Todo esse montante já está sendo enviado para um fundo de emergência mundial da entidade.

Segundo seus representantes em São Paulo, já foi enviada uma grande quantidade de substâncias purificadoras de água - partindo do Panamá - e outras 60 mil refeições com biscoitos de alto valor protéico estão sendo distribuídas aos sobreviventes da tragédia.

Campanha via SMS arrecada quase US$ 4 mi para Cruz Vermelha no Haiti


Em nome da Embaixada do Haiti no Brasil, o Banco do Brasil (BB) também abriu uma conta especial para receber doações. Até o começo da tarde desta quinta-feira (14), já eram R$ 149 mil em verbas para ajudar a recuperar o país atingido terça-feira (12) por um forte tremor de terra. Segundo o BB, os recursos serão utilizados da forma que o governo da ilha caribenha decidir.

A Cruz Vermelha, instalada em Brasília, informou que a conta aberta para receber ajuda de pessoas físicas e jurídicas brasileiras está com um saldo de R$ 26 mil. Toda essa quantia deverá ser aplicada em assistência médica e aquisição de insumos básicos para garantir a recuperação dos atingidos pelos escombros após o terremoto.

Quer ajudar as vítimas do terremoto no Haiti?



Google solidário
Com seu poder e alcance, a empresa por trás do buscador de internet mais popular do mundo criou uma página especial para organizar doações para o Haiti.

Qualquer internauta pode entrar no endereço e, utilizando um cartão de crédito, enviar recursos em dinheiro que serão encaminhadas para instituições como o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e para a Care. Na mesma página, o Google também informa que fez uma doação inicial de U$ 1 milhão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos