Chuvas acima da média mudam roteiro de turistas no Nordeste

Carlos Madeiro Especial para o UOL Notícias Em Maceió

Quem esperava ver o sol do verão brilhar nas praias do Nordeste teve que se contentar com uma semana de chuva e céu nublado em boa parte da costa litorânea. Ao contrário de outros verões, o mês de janeiro de 2010 vem registrando tempestades e até mesmo trovoadas na região.

Nesta semana choveu forte em Alagoas, Pernambuco e Paraíba. A previsão aponta para mais temporais na semana que vem. Na terça-feira (19), por exemplo, choveu em Maceió (AL) mais do que o esperado para todo o mês. Segundo o Instituto de Ciências Atmosféricas da Universidade Federal de Alagoas (Icat-Ufal), foram 70 milímetros em apenas quatro horas. A média histórica para o mês é 60 mm.
  • Carlos Madeiro/Especial para o UOL

    Bar na orla de Maceió vazio em plena manhã de janeiro

  • Carlos Madeiro/Especial para o UOL

    A praia de Ponta Verde, em Maceió, ficou quase deserta na última quarta-feira


Em Pernambuco, o cenário era semelhante: até o dia 20, o Estado já registrava 16% mais chuvas que o esperado para todo o mês. Duas pessoas morreram por conta de um raio que caiu no município de Ribeirão. Já na Paraíba, o litoral também sofreu com transtornos por conta das fortes chuvas no início da semana, com queda de raios e blecaute em 26 cidades.

O tempo deve continuar fechado na costa nordestina até a primeira quinzena de fevereiro - quando acontece o Carnaval. De acordo com previsão feita pelo Icat-Ufal, a estimativa é que a próxima semana comece com chuvas e trovoadas.

O coordenador do Icat-Ufal, Luis Carlos Molion, diz que existe uma grande probabilidade do próximo temporal ocorrer já nesta segunda (25) ou terça-feira (26), já que a frente fria que matou nove pessoas em São Paulo, na última quinta-feira (22), está se deslocando do Sudeste em direção ao Nordeste.

"As chuvas que atingiram Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais estão vindo. Se não ocorrer nenhuma mudança na condição climática, essa frente fria chegará aqui no início da semana", informou.

Segundo Molion, cerca de 70% das trovoadas previstas para os últimos dez anos devem acontecer neste verão. "Até 2009 não eram comuns a ocorrências de chuvas e trovoadas no litoral nordestino. As trovoadas durante o verão existiram apenas entre as décadas de 40 e 60, justamente quando o oceano Pacífico estava mais frio - o que se repete agora. Esses eventos devem acontecer a partir de agora até meados de 2030", anuncia.

O meteorologista ressalta que a ocorrência de inverno rigoroso no outro lado do planeta aumenta a probabilidade de temporais no Nordeste. "A hipótese é que essas frentes frias são mais intensas e acabam deslocando-se para a costa brasileira e para a região equatorial."

Operadoras mudam roteiros
Apesar de a chuva ter adiado os passeios praianos no início da semana, o setor turístico aposta na criatividade para preencher a lacuna no roteiro e não estragar o passeio.

O diretor executivo de um dos maiores grupos de resorts de Alagoas e operador de turismo, Glênio Cedrin, afirma que o tempo nublado acaba levando os turistas para locais fechados, como feiras de artesanato, museus e shopping.

"Os turistas vêm em busca de mar e sol, mas também não ficam restritos somente à praia. Nos dias de chuva, eles puderam conhecer mais da cultura, com passeios a feiras de artesanato e museus", explicou.

O guia de turismo Flávio Góes também usou da mesma alternativa e levou turistas para passeios alternativos. "Tivermos uma tarde [de quarta-feira] no shopping, levamos os turistas aos excelentes museus de Maceió e optamos por uma saída noturna, indo aos bares e teatros. Pelo menos nas capitais, o turista não ficou sem opção de diversão", garantiu.

Cedrin lembra que outros roteiros turísticos, como Argentina, Santa Catarina e São Paulo, estão com temporais mais fortes do que a região. "Os turistas acabaram optando vir para o Nordeste. Não são dois dias de chuva aqui que vão afugentar os turistas e fazer eles cancelarem suas viagens, até porque ninguém viaja sem planejamento e se paga por roteiros fechados, com voos fretados. Estamos com 100% de ocupação até o Carnaval", afirmou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos