Lula pede esforço conjunto para resolver enchentes em São Paulo

Maurício Savarese Do UOL Notícias Em São Paulo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta segunda-feira (25) que é necessário um esforço dos governos em todos os níveis para amenizar os efeitos causados pelas chuvas em São Paulo, que completa 456 anos hoje.

Em cerimônia na sede da prefeitura, o presidente e o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), receberam a medalha "25 de janeiro" concedida pelo prefeiro Gilberto Kassab (DEM). Lula fez o comentário depois de Kassab homenagear em discurso aqueles que trabalham para ajudar os afetados pelas chuvas.

"Sabemos que o problema das enchentes não é exclusivo do prefeito. Já tivemos várias administrações aqui, inclusive do PT, e é um problema recorrente. É preciso unir esforços para resolver", afirmou o presidente.

São Paulo sofre com alagamentos desde o fim de 2009, o que levou moradores de regiões atingidas a protestar nesta manhã contra Kassab e Serra. Em meio a cerca de 100 moradores, havia também membros do PCdoB, partido da base do governo Lula.

O presidente repetiu que os problemas causados pelas chuvas acontecem desde quando chegou à capital paulista em 1956 e evitou atribuir responsabilidade pelo problema a Kassab e a Serra, pré-candidato do PSDB ao Palácio do Planalto.

O governo federal fará uma nova edição do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para o período de 2011 a 2015 e Lula declarou que quer uma reunião com Serra e Kassab para tratar das obras prioritárias para neutralizar os efeitos das chuvas.

Em seu discurso, Kassab afirmou que as medalhas são símbolos de povos que ajudaram a construir a cidade, como o nordestino Lula e o descendente de italianos Serra.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos