Bombeiros encontram corpo de mulher desaparecida após desabamento na zona leste de SP

Do UOL Notícias
Em São Paulo

As equipes de resgate do Corpo de Bombeiros resgataram por volta de 12h desta quinta-feira (4) um corpo no local onde foi registrado o desabamento de uma casa na rua Arbela, 126, no Jardim Guarani, na zona leste de São Paulo. Os bombeiros acreditam que se trata da mulher, de 72 anos, que estava desaparecida desde a noite de ontem.

  • Andre Vicente/Folha Imagem

    Moradores de Itaquera, na zona leste de SP, queimaram um ônibus em protesto contra o alagamento que arrastou duas pessoas

  • Vagner Campos/ Futura Press

    A av. Aricanduva, também na zona leste, está parcialmente interditada após deslizamento de terra

  • Carlos Pessuto/Futura Press

    Dezenas de árvores caíram em São Paulo após a forte chuva. Na foto, a avenida Nazaré, próximo ao Museu do Ipiranga, que ficou sem luz

Um menino, de 11 anos, ainda está sendo procurado. Os dois foram levados pela enxurrada após o transbordamento do córrego Jacupeval, que passa pela avenida Caititu, onde fica a favela Vila Guarani. As buscas continuam até o pôr do sol e podem ser retomadas amanhã.

Na noite de ontem, dois ônibus da Viação Itaim Paulista (VIP) Transportes foram alvo de cerca de 50 moradores da região atingida pelo transbordamento do córrego. Um deles foi incendiado e o outro, apedrejado. Nenhum passageiro ficou ferido.

Durante a manhã de hoje, os protestos continuaram. Um grupo de moradores do Jardim Vila Nova, também na zona leste, bloqueou a avenida Jacu-Pêssego com móveis. Segundo a Polícia Militar (PM), os manifestantes atearam fogo nos objetos.

73 mortes em SP
Com essa ocorrência, sobe para 73 o número de mortos pela chuva em São Paulo desde 1º de dezembro.

O último balanço da Defesa Civil Estadual, divulgado na manhã de hoje, indicava 71 mortes, mas não contabilizava a morte no Jardim Guarani ou a morte de um homem de 24 anos que foi atingido por um raio quando caminhava pela Praça Ilo Otani, no bairro do Pari.

39 cidades em situação de emergência
O número de municípios que decretaram situação de emergência por conta da chuva também aumentou nesta quinta-feira com a inclusão de Jacupiranga, no extremo sul do Estado. Outras três cidades estão em situação de calamidade pública: Cunha, São Luiz do Paraitinga e Eldorado.

Até o momento estão em situação de emergência: Álvares Machado, Araçatuba, Atibaia, Bofete, Bom Jesus dos Perdões, Caieiras, Caiuá, Carapicuíba, Capivari, Chavantes, Cotia, Ferraz de Vanconcelos, Francisco Morato, Franco da Rocha, Getulina, Guararema, Inúbia Paulista, Iporanga, Itaquaquecetuba, Itapevi, Lucélia, Lourdes, Jacupiranga, Manduri, Mineiros do Tietê, Mariapólis, Mirassol, Osasco, Oscar Bressane, Pardinho, Pracinha, Presidente Venceslau, Ribeirão Pires, São José do Rio Preto, São Lourenço da Serra, Santa Bárbara D'Oeste, Santo André, Santo Antônio do Pinhal, Sumaré.

De acordo com o balanço da Defesa Civil, os temporais deixaram 22 mil pessoas desalojadas (estão em casas de parentes e amigos) e outras 5.339 desabrigadas (morando em abrigos públicos). Ao todo, 154 cidades foram afetadas pelas chuvas.

Queda de árvores deixa bairros sem luz
Até o final da manhã desta quinta-feira, dez bairros da capital paulista continuavam sem luz. Segundo a Eletropaulo, trechos do Brás, da Mooca, do Tatuapé, do Parque Novo Mundo, da Vila Maria, da Vila Guilherme, do Tucuruvi, do Ipiranga, da Vila Mariana e do Sacomã apresentavam problemas.

Não há previsão para o restabelecimento da energia, mas, de acordo com a empresa, as equipes estão nas ruas para tentar resolver os problemas. A maior partes das ocorrências está relacionada a queda de galhos e árvores.

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) informou que até as 10h ainda havia 66 árvores caídas atrapalhando o trânsito.

Na avenida Nazaré, no Ipiranga, zona sul da cidade, uma árvore de grande porte rompeu a fiação da rede elétrica. A via chegou a ser interditada, mas já foi liberada para a passagem de veículos de passeio.

Já a avenida Aricanduva, sentido marginal do Tietê, está bloqueada desde as 8h15 por causa de de um deslizamento de terra próximo da avenida Rio das Pedras, no bairro Parque Savoy City, região de São Mateus, na zona leste.

Segundo a CET, o motorista deve desviar pela avenida Afonso de Sampaio e Souza.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos