Benefícios do INSS devem ser sacados em até 60 dias para evitar bloqueio

Da Agência Brasil

O Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) informa aos beneficiários que recebem pagamentos com cartões magnéticos que o dinheiro deverá ser retirado em até 60 dias após o depósito. Caso isso não aconteça, o montante será bloqueado por medidas de segurança.

De acordo com o INSS, a medida de segurança foi tomada para evitar tentativas de fraude. Na folha de janeiro, mais de 8 mil beneficiários já estão com seus pagamentos bloqueados porque não sacaram no prazo de 60 dias.

Quem tiver o pagamento bloqueado só poderá sacar o dinheiro na Agência da Previdência Social (APS) responsável pelo seu benefício. Para isso, é necessário apresentar documento de identificação que pode ser a carteira de identidade, certidão de casamento ou de nascimento.

O Instituto citou ainda, que os benefícios são suspensos imediatamente após a morte do segurado. A listagem dos óbitos de cada mês são enviadas pelos cartórios à Previdência Social. Esse sistema impede que terceiros continuem recebendo o benefício de quem já morreu.

No caso de haver dependentes que tenham direito a receber pensão após a morte do beneficiário, os familiares devem informar o óbito ao INSS para que a aposentadoria seja transformada em pensão. A informação do INSS foi divulgada hoje (5) em seu site.

Tradutor: Em Brasília

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos