SP sai do estado de atenção, mas cidade ainda tem pontos de alagamentos

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Atualizada às 13h39

  • Marlene Bergamo/Folha Imagem

    Ontem, a chuva provoca alagamento no cruzamento da avenida Francisco Matarazzo
    com a avenida Pompeia, na zona oeste da capital

O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) encerrou por volta de 9h10 desta quinta-feira (18) o estado de atenção em todas as regiões do município de São Paulo, que havia sido estabelecido às 3h30 de hoje em virtude das chuvas que atingem a cidade desde o início da madrugada. Segundo o CGE, a chuva é provocada pela passagem de uma frente fria. Por volta das 13h39, a cidade registrava 2 pontos de alagamentos, todos transitáveis, e os congestionamentos somavam 27 km (3,2% das vias monitoradas).

Saiba como agir no trânsito durante um temporal


Veja imagens da chuva que atingiu SP

Além dos alagamentos, o Corpo de Bombeiros da cidade retomam nesta manhã as buscas por um homem desaparecido na avenida Professor Abraão de Morais, na Saúde, zona sul de São Paulo, em virtude da forte chuva que caiu na cidade no final da tarde de quarta-feira (17).

De acordo com os bombeiros, pessoas relataram que um homem vestindo bermuda caiu em um córrego por volta das 19h20, na altura do número 1.800 da avenida, próximo ao shopping Plaza Sul.

O CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), da prefeitura, registrou alagamento na via das 19h40 às 20h03, no cruzamento com a avenida Miguel Estefano.

Equipes realizaram buscas na região, até chegar à avenida do Estado, durante toda a noite de ontem, mas ninguém foi localizado. 

Chuva de ontem
A chuva desta quarta-feira deixou toda a cidade de São Paulo em estado de atenção para alagamentos. As primeiras regiões a entrar na situação foram a marginal Pinheiros e as zonas leste, sudeste, oeste e sul, às 16h. A marginal Tietê, o centro e a zona norte foram incluídas às 17h40.

Ao todo, foram registrados 74 pontos de alagamento em vias da cidade --16 deles impediram a passagem de veículos. Os bombeiros receberam diversos chamados de pessoas ilhadas.

Às 16h15, o aeroporto de Guarulhos registrou rajadas de vento de 36 km/h, e o aeroporto de Congonhas (zona sul) suspendeu pousos e decolagens das 18h49 às 19h33.

Até as 19h50 de ontem, a estação meteorológica do CGE localizada na Consolação registrou 69 mm de chuva (cada milímetro equivale a um litro de água por metro quadrado) --o valor representa 32% da média prevista para todo o mês de fevereiro, que é de 217 mm.

*Com informações da Folha Online

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos