ONU alerta para uso abusivo de medicamentos prescritos

Paula Laboissière

Da Agência Brasil
Em Brasília

A Junta Internacional de Fiscalização a Entorpecentes (Jife) – órgão ligado à Organização das Nações Unidas (ONU) – fez um alerta hoje (24) para o uso abusivo de medicamentos prescritos em todo o mudo. O problema, segundo a Jife, deve ser abordado com urgência, a fim de impedir sua propagação e evitar mais incidentes fatais.

Nos Estados Unidos, o abuso de medicamentos prescritos é o segundo maior problema em meio ao cenário das drogas. Com 8,2 milhões de usuários, fica atrás apenas da maconha e representa mais do que o número somado de usuários de cocaína, heroína, alucinógenos, ecstasy e inalantes. Já na Alemanha, entre 1,4 e 1,9 milhão de pessoas são viciadas em remédios.

De acordo com um relatório divulgado pelo órgão, medicamentos que contêm substâncias controladas estão sendo usados como substitutos de drogas ilícitas, uma vez que causam efeitos semelhantes e estão amplamente disponíveis – inclusive pela internet – por meio da venda de conteúdos contrabandeados ou falsificados.

“As pessoas tendem a achar que o abuso de medicamentos prescritos é apenas um uso inadequado de medicamentos para tratar problemas de saúde. Mas esses incidentes são frequentemente resultado de um vício que pode ser tão letal como a dependência de outras drogas como a heroína ou a cocaína”, alerta o documento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos