MPF denuncia sete pessoas por fraude no Bolsa Família

Bruno Bocchini
Da Agência Brasil

Em São Paulo

O Ministério Público Federal (MPF) em Jales (SP) denunciou por estelionato sete pessoas do município de Nova Canaã acusadas de fraudar a declaração de renda familiar para terem direito ao benefício do programa Bolsa Família.

A investigação do MPF e da Polícia Federal mostrou que os denunciados tinham preenchido o formulário de renda familiar com os valores inferiores aos que realmente ganhavam. Segundo o MPF, a fraude teve início em novembro de 2005.

A pena pelo crime de estelionato é de 1 a 5 anos de reclusão e pode ser aumentada em um terço em razão do estelionato ter sido cometido contra a assistência social.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos