Cardiologista quer acompanhar evolução diária da pressão arterial de Arruda

Pedro Peduzzi
Da Agência Brasil
Em Brasília

O cardiologista Brasil Caiado, que examinará hoje (10) o governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda, disse que fará seis medições diárias da pressão arterial dele, durante três dias. O objetivo é avaliar o quadro de saúde de Arruda, para definir os próximos passos do acompanhamento médico.

Caiado afirmou que, inicialmente, fará os exames considerados mais simples. Ele chegou à Superintendência da Polícia Federal, onde o governador licenciado está preso desde o dia 11 de fevereiro, com um aparelho de eletrocardiograma para fazer os exames.

“A questão da depressão, da tensão e do estresse que ele está passando, em um paciente hipertenso e diabético, transforma-o em um paciente de risco muito maior, uma vez que eventos coronarianos às vezes aparecem mais nesta fase”, disse o cardiologista.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos