Após 55 anos, marquise do Ibirapuera será reformada pela primeira vez; laudo de 2006 já apontava riscos

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Inaugurada em 1954, a marquise do Ibirapuera, um dos mais emblemáticos cartões postais da cidade de São Paulo, enfim passará por sua primeira reforma estrutural completa.

A obra, que inclui a recuperação do piso, impermeabilização e troca das luminárias, deverá custar cerca de R$ 17 milhões. O projeto final da restauração foi aprovado nesta semana pelo Conpresp (Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental de São Paulo). 

Agora, o projeto apresentado pela empresa vencedora da licitação passará por uma apreciação, para que a data do início da obra possa então ser marcada. 

Ainda que a reforma tenha sido aprovada somente agora, um laudo de engenharia de 2006 já alertava que o local apresentava infiltrações e fissuras que comprometiam sua estrutura e oferecia riscos aos visitantes. Segundo o estudo, não havia risco de a estrutura desabar, mas pedaços de concreto poderiam cair.

Segundo informou a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, “o local onde a marquise oferece algum transtorno ao usuário do parque está isolado com grade”.

A avaliação, apresentada em maio de 2006, foi encomendada pela própria prefeitura para amparar uma proposta de reforma da marquise da época. Na ocasião, não havia previsão para a aprovação do projeto. 

O laudo apontou que os problemas encontrados no local foram provocados pela falta de manutenção, além da chuva ácida na cidade, do desgaste natural do material e de intervenções inadequadas. 

A reforma recém aprovada deverá durar cerca de um ano e oito meses e, segundo a Secretaria do Verde, será feita por trechos para minimizar os transtornos no parque. Os pontos em recuperação serão temporariamente interditados à população.

*Com informações da Folha Online

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos