São Paulo apresenta trânsito muito acima da média, com 55 km de lentidão

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Atualizada às 12h13

A chuva que atinge a capital paulista na manhã desta segunda-feira (15) deixou o trânsito complicado. Às 12h13, São Paulo tinha 54 km de lentidão (6,4% das vias monitoradas), congestionamento acima da média máxima para o horário, segundo dados da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego).

Homem é ferido por árvore

Um homem de 28 anos sofreu traumatismo craniano após ser atingido por uma árvore que caiu na tarde de domingo (14) na avenida Brasil, no Jardim América, em SP

As zonas sul, oeste e leste concentravam 75% do trânsito da cidade, com 13 km cada uma. A zona norte tinha 10 km e o centro, 4 km.

A marginal Tietê apresentava congestionamento intenso. No sentido rodovia Castelo Branco, havia 13,8 km. No sentido rodovia Ayrton Senna, a lentidão era de 1,4 km.

Já a marginal Pinheiros registrava 1,9 km no sentido Interlagos e 2,4 km no sentido Castelo Branco.

Transtornos
Desde ontem, quando foram registradas as primeiras tempestades na cidade, o Corpo de Bombeiros registrou 95 intervenções em locais com quedas de árvores.

Segundo a CET, 35 árvores ainda atrapalhavam o trânsito na manhã desta segunda-feira.

As chuvas também provocaram pontos isolados de falta de luz. De acordo com a AES Eletropaulo, a energia elétrica na avenida Pompéia, na altura da Barão de Bananal, foi restabelecida às 8h03. Na avenida República do Líbano, próximo ao portão 8 do parque do Ibirapuera, e na avenida Politécnica, na altura da avenida Rio Pequeno, técnicos da empresa estão tentando resolver o problema.

Desde ontem, a CET registrou 20 pontos com falta de energia elétrica.

Frente fria
A frente fria avança um pouco mais nesta segunda-feira e provoca chuvas fortes entre o Sudeste e o Mato Grosso do Sul. Segundo os meteorologistas da Somar, as chuvas serão generalizadas e com grandes volumes de precipitação entre São Paulo, Rio de Janeiro e sul de Minas Gerais.

Por conta da grande cobertura de nuvens, as temperaturas ficam mais baixas em grande parte da região.

No Sul do país, uma massa de ar frio também deixa as temperaturas mais baixas pela manhã, mas no decorrer do dia o sol predomina e os termômetros sobem gradativamente, deixando a tarde mais agradável.

O calor e a disponibilidade de umidade causam pancadas de chuva entre a tarde e a noite sobre o Mato Grosso e grande parte da região Norte. No Nordeste, o tempo permanece predominantemente seco e muito quente.

Os ventos intensos sobre o oceano deixam o mar mais agitado na costa gaúcha, com ondas de até 1,7m e ventos de até 33km/h. No restante do litoral brasileiro, o mar permanece calmo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos