Morte de grávidas antecipa vacinação contra gripe suína no Maranhão

Lima Coelho
Repórter da EBC
No Maranhão

A Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão está antecipando a segunda etapa de vacinação contra a influenza A (H1N1) – gripe suína. Programada, até então, para a próxima segunda-feira (22), a imunização de gestantes começará amanhã (20), em regime de mutirão. Até o momento, duas mulheres grávidas morreram em decorrência da doença e mais três óbitos estão sob suspeita em São Luís.

De acordo com o novo boletim da Secretaria de Saúde, foram notificados 24 casos até agora, sendo 15 suspeitos, sete confirmados e dois descartados. Além disso, do total de notificações, 11 exames de pacientes suspeitos aguardam o resultado. Os procedimentos estão sendo feitos no Instituto Evandro Chagas, no Pará.

Além disso, no domingo (21), começa a vacinação de pessoas com doenças crônicas até 60 anos de idade e crianças entre seis meses e dois anos.

Serão aproximadamente 300 postos de vacinação nos quatro municípios do Estado, sendo 169 apenas em São Luís.

A vacina contra o vírus Influenza H1N1 começa a ter efeito de imunização de 14 a 21 dias depois de tomada a dose, com eficácia de 95%.

De 5 a 23 de abril, a vacinação será para pessoas de 20 a 29 anos. Do dia 24 de abril a 7 de maio, será a vez de idosos com 60 anos ou mais, portadores de doenças crônicas. De 10 a 21 de maio, poderá se vacinar a população de 30 a 39 anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos