Três zonas de SP estão em estado de atenção pelas chuvas; trânsito bate recorde

Do UOL Notícias
Em São Paulo

  • Moisés Nascimento/UOL

    Imagem da rua Conchilia, no bairro do Tremembé, zona norte da cidade, completamente alagada

    Imagem da rua Conchilia, no bairro do Tremembé, zona norte da cidade, completamente alagada

 Atualizada às 19h35

O CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências) da prefeitura colocou as zonas norte e leste da cidade, além da marginal Tietê, em estado de atenção devido à forte chuva que atinge a região.

Segundo o CGE, chove forte principalmente na Vila Maria, zona norte, e nos bairros da Mooca, Penha, São Miguel Paulista, Itaim Paulista e Guaianazes, na zona Leste da cidade.

Na Grande São Paulo, chove forte em Guarulhos, Itaquaquecetuba, Poá, Ferraz de Vasconcelos e parte de Suzano.

Segundo os radares meteorológicos do CGE, a tendência para as próximas horas é de que as chuvas percam intensidade e dirijam-se para o interior paulista.

Pontos de alagamento
O CGE registrava por volta das 19h25 quatro pontos de alagamento na cidade, todos eles transitáveis. São eles:

- Pista expressa da marginal Tietê, sentido Ayrton Senna, na altura do viaduto Aricanduva;
- Avenida Conde de Frontin, nos dois sentidos, na altura da rua Joaquim Marra ;
- Avenida Marechal Tito, sentido bairro, na altura da rua Gendiroba

Trânsito
Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) às 18h, São Paulo bateu o recorde de congestionamento do ano para o horário, com 184 km. A marca pertencia ao dia 26 de janeiro, quando a cidade registrou, às 18h30, 175 km de filas. 

Por volta das 19h25, a cidade registrava 212 km de lentidão, 25,5% das vias monitoradas - índice muito acima da média para o horário. 

Somente as marginais Tietê e Pinheiros concentravam cerca de 70 km de congestionamento. Na pista expressa da marginal Tietê, sentido Ayrton Senna, o motorista enfrenta mais de 10 km de filas do viaduto dos Bandeirantes até a rua Azurita. Outro trecho que apresenta lentidão é o que vai da Dutra até o viaduto Aricanduva, com 3,2 km de filas.

Na pista local, havia registro de 6,8 km de congestionamento do viaduto dos Bandeirantes até a rua Brazelisa Alves de Carvalho.
No sentido Castello Branco, pista local, o motorista enfrentava 7,7 km de retenção da ponte da Casa Verde até o viaduto Nova Fepasa. Quem segue pelo trecho entre o viaduto Jânio Quadros e a ponte Cruzeiro do Sul enfrentava 3 km de lentidão.

Na pista expressa, o motorista enfrentava 7,3 km de filas da ponte do Limão até o viaduto Nova Fepasa.

CPTM
A circulação de trens entre as estações Poá e Ferraz de Vasconcelos, na extensão da Linha 11-Coral (Guaianazes-Estudantes), está interrompida, de acordo com a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), por conta das chuvas.

Uma opção seria os trens da Linha 12-Safira (Brás-Calmon Viana) que funcionam normalmente.

Segundo a CPTM, a operação Paese (Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência) já foi acionada e ônibus da EMTU irão realizar o transporte entre as estações.

*Com informações da Folha Online

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos