Marina Silva cobra solução do governo federal para guaranis-caiovás

Da Agência Senado

A senadora Marina Silva (PV-AC) voltou a cobrar do governo federal nesta terça-feira (23) solução para os problemas enfrentados pelos índios guaranis-caiovás em Mato Grosso do Sul. Segundo ela, o avanço do plantio de soja e de cana-de-açúcar, associado ao crescimento da pecuária, vem provocando a expulsão dos índios de terras que ocupam há décadas, inclusive de forma violenta.

Marina Silva informou que o agravamento dos conflitos vem fazendo com que muitos guaranis-caiovás deixem suas terras, gerando desde a desagregação cultural até dificuldades de emprego e sobrevivência. Com isso, problemas como o alcoolismo e a desnutrição cresceram entre a população, incluindo aumento de casos de suicídio.

As afirmações foram feitas durante audiência pública realizada pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) para discutir uma saída para o problema, que reuniu representantes do governo, especialistas e autoridades de Mato Grosso do Sul.

Marco Antonio de Almeida, procurador federal do município de Dourados (MS), reconheceu que o problema é de difícil solução, já que as terras tiveram valorização com a expansão das fronteiras da cana-de-açúcar, para produção de etanol, e da soja. A maioria dos empreendimentos, conforme salientou, recebeu recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Portanto, na visão do procurador, tais empreendimentos são legais. No entanto, ele defendeu que recursos do banco sejam priorizados para os índios.

Já o antropólogo Rubens de Almeida sugeriu a realização de um profundo estudo técnico antropológico para identificar as origens das terras reivindicadas pelos indígenas e sua extensão, entre outros aspectos.

José Antonio Roldão, presidente da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural do Mato Grosso do Sul, garantiu que o governo do estado está empenhado em resolver a situação dos índios, "respeitando a cultura e resgatando a dignidade de cada comunidade".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos