Policiais federais ameaçam entrar em greve no dia 14 de abril

Alex Rodrigues
Da Agência Brasil

Em Brasília

Policiais federais de todo o país ameaçam paralisar suas atividades no próximo dia 14. O indicativo de greve foi aprovado esta manhã, por representantes nacionais da categoria reunidos em Brasília (DF) desde ontem (24).

A decisão deverá ser confirmada nos próximos dias, em assembleias estaduais realizadas pelos sindicatos locais. Segundo a Federação Nacional dos Policiais Federais, se os policiais decidirem cruzar os braços, a paralisação deverá atingir todas as unidades do órgão, incluindo postos de fiscalização nas fronteiras, portos e aeroportos, comprometendo as investigações e operações em curso.

A principal reivindicação da categoria é a reestruturação salarial dos servidores, insatisfeitos com o tratamento dispensado pelo governo federal aos agentes federais e aos servidores administrativos da instituição. A proposta da categoria, contudo, só será entregue ao governo federal após os policiais discutirem, nas assembleias estaduais, o estudo em que a federação compara a evolução salarial de diversas categorias do funcionalismo público federal.

Ainda de acordo com a federação, uma proposta de recomposição salarial chegou a ser apresentada pelo Ministério da Justiça em março de 2009, mas, desde então, se encontra “engavetada” no Ministério do Planejamento.

Procuradas, as assessorias da Polícia Federal e do Ministério da Justiça informaram que os órgãos não comentariam o assunto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos