Após a morte de 16 crianças, Imperatriz (MA) recebe R$ 11,3 milhões do Ministério da Saúde

Do UOL Notícias*

Em São Paulo

O Ministério da Saúde aprovou o plano de estruturação da rede de terapia intensiva de Imperatriz, a segunda maior cidade do Maranhão. O município deverá receber R$ 11,3 milhões, dos quais R$ 4,1 milhões serão investidos em infraestrutura e R$ 7,2 milhões no custeio anual de ações para a ampliação do atendimento e abertura de novos leitos de UTI, informou a assessoria do ministério.

A cidade vem sofrendo uma crise no sistema de saúde em razão da escassez de leitos de UTI. Só neste ano, 16 crianças morreram à espera de vaga, mesmo com ordem judicial que obrigava o Poder Público a internar o paciente. Em 2009, 49 pessoas que aguardavam internação morreram, dentre elas 43 crianças.

Com os recursos, o município deverá abrir 10 leitos de UTI pediátricos e quatro leitos de adultos no hospital Municipal. Também deverão ser criados 27 leitos de UTI neonatal no hospital Regional. A contrapartida oferecida pelo município para receber os recursos será providenciar a estrutura física para a montagem dos leitos e buscar suporte na rede privada para atender os casos de emergência até que os novos leitos estejam funcionando.

O município terá ainda que apresentar, em 50 dias, uma proposta de construção de um novo hospital com capacidade para 300 novos leitos. A Secretaria Estadual de Saúde negociará com os Estados de Tocantins e Pará para diminuir a carga de atendimento enviada para Imperatriz, que fica perto da fronteira com esses dois Estados.

*Com informações da Folha Online
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos