Chuva forte coloca o Rio de Janeiro em estado de atenção; há pontos de alagamento

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Atualizada às 22h05

A chuva forte que atinge a cidade do Rio de Janeiro desde o início da manhã desta segunda-feira (5) deixou a região em estado de atenção, segundo informou a Defesa Civil.

O órgão municipal informou que não houve registro de ocorrências devido ao temporal, mas que há risco de deslizamentos de terra, principalmente,  na região da bacia de Jacarepaguá e da bacia da Baía de Guanabara, uma vez que não parou de chover durante todo o dia.

A prefeitura recomenda que os moradores de áreas de risco se desloquem imediatamente para locais seguros e que as vias urbanas que atravessam as montanhas da cidade sejam evitadas nas próximas horas.

De acordo com a Infraero, o aeroporto Santos Dumont ficou fechado devido ao mau tempo das 18h10 às 18h41. No momento ele está aberto, porém operando com ajuda de instrumentos. Até as 21h, dos 156 voos domésticos previstos para decolar, 89 partiram com atraso, ou seja, cerca de 57,1% do total de aeronaves, segundo a Infraero.

Segundo a CET Rio, que monitora o trânsito da capital fluminense, várias regiões apresentam pontos de alagamento. São eles:

Tijuca
- Avenida 28 de Setembro, na altura da rua Felipe Camarão;
- Praça da Bandeira, sentido centro, na altura da rua do Matoso;
- Avenida Maracanã, na altura da rua Deputado Soares Filho;
- Avenida Maracanã, na altura da rua Professor Eurico Rabelo;
- Rua Conde de Bonfim, na altura da rua Uruguai;
- Avenida Presidente Castello Branco, na altura da rua Professor Manuel de Abreu

Jardim Botânico:
- Rua Jardim Botânico, na altura do Parque Lage;
- Rua Jardim Botânico, na altura da rua Pacheco Leão

Botafogo:
- Avenida Voluntários da Pátria, na altura da rua Real Grandeza

Avenida Brasil:
- na altura de Manguinhos, Caju, Bonsucesso, Ramos e Parada de Lucas.

Sem luz
De acordo com informações divulgadas pela Light, trechos de ruas dos bairros de São Conrado, Barra da Tijuca, Jacarepaguá, Alto da Boa Vista, Tijuca, São Cristovão e Ilha do Governador estão sem luz devido ao temporal e aos ventos fortes.

A concessionária que fornece energia elétrica para a cidade disse que não há previsão para a normalização do fornecimento, uma vez que o mau tempo dificulta a chegada das equipes de manutenção.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos