Mais quatro Estados são declarados em situação de emergência ambiental

Christina Machado
Da Agência Brasil

Em Brasília

Ibama embarga 33 empresas com Operação Corcel Negro

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) embargou 33 empresas, entre siderúrgicas e transportadoras de carvão no país. A ação faz parte da Operação Corcel Negro, realizada entre os dias 22 e 31 de março, que tinha o objetivo de fiscalizar o transporte, a produção e o consumo de carvão

Portaria do Ministério do Meio Ambiente, publicada no Diário Oficial da União de hoje (5), inclui Minas Gerais, Piauí, Ceará e Goiás entre os Estados em situação de emergência ambiental. Antes, Amapá, Amazonas, Bahia, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins já estavam nessa situação.

A medida é adotada, quase sempre, por tempo indeterminado em épocas específicas do ano, por causa dos focos de incêndios florestais e queimadas, detectados por satélite. As ações são coordenadas pelo Prevfogo (Sistema Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais), que atribui ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) autonomia para operar nos municípios.

A portaria também autoriza a contratação e formação de novos brigadistas para ajudar nas ações de combate e prevenção de incêndios - tarefa desempenhada pelo Ibama com o Instituto Chico Mendes e o Ministério do Meio Ambiente.

O trabalho começou nos Estados da Amazônia e posteriormente se expandiu para o Mato Grosso do Sul, a Bahia e o Maranhão.

O Ibama espera formar 1.800 brigadistas para as ações de fiscalização, prevenção e combate ao desmatamento, incêndios e queimadas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos