Bahia reduz número de mortes por meningite em 57%, diz secretaria

Da Agência Brasil

Em Brasília

A Secretaria de Saúde da Bahia informou redução de 57% nas mortes causadas por meningite no primeiro trimestre do ano em comparação ao mesmo período de 2009.

Em 2010, foram registradas no Estado 18 mortes, contra 42 nos primeiros três meses de 2009, segundo dados da secretaria. Para as autoridades de saúde do Estado, a queda nos óbitos deve-se ao diagnóstico mais rápido da doença e à “atenção redobrada” aos sintomas.

No primeiro trimestre do ano, a Bahia registrou 186 casos de meningite de todos os tipos, enquanto em 2009, foram 296 registros. Segundo a secretaria, dados do Ministério da Saúde mostraram que a Bahia foi o Estado com a quarta maior taxa de incidência de meningite meningocócica C – aproximadamente um caso por grupo de 100 mil habitantes.

A meningite é a inflamação das meninges, membranas que envolvem o cérebro. É provocada, na maioria das vezes, por bactéria ou vírus. As formas de transmissão podem ser pela fala, tosse, espirros e beijos de um doente. Os principais sintomas são: febre alta, dores de cabeça, vômitos e dificuldade de movimentação do pescoço (rigidez). As crianças menores de 5 anos são as mais vulneráveis à doença.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos