Vilas Olímpicas do Rio recebem desabrigados pelas chuvas

Do UOl Notícias
Em São Paulo

As vilas olímpicas da cidade do Rio de Janeiro estão abertas para receber os desabrigados pelas chuvas que atingem o Estado há mais de 24 horas, informou a prefeitura.

Em entrevista coletiva no começo da noite desta terça-feira (6), o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), reiterou o apelo aos cariocas para que permaneçam em casa e pediu às famílias que residem em encostas e em áreas de risco que busquem locais seguros.

De acordo com a prefeitura, as primeiras pessoas já começaram a chegar à Vila Olímpica Oscar Schmidt, em Santa Cruz.

Endereço das vilas olímpicas:
- Vila Olímpica da Maré - rua Tancredo Neves, s/n – Maré;
- Vila Olímpica da Gamboa - rua União, s/n – Gamboa;
- Vila Olímpica Carlos Castilho – estrada do Itararé, 460 – Complexo do Alemão;
- Vila Olímpica Mestre André – rua Marechal Falcão s/nº - Padre Miguel;
- Vila Olímpica Clara Nunes – pedro Jório, s/nº - Fazenda Botafogo – Acari;
- Vila Olímpica Ary de Carvalho – rua Paulino do Sacramento, s/nº - Vila Kennedy;
- Vila Olímpica Oscar Schmidt – rua do Matadouro, s/nº - Santa Cruz;
- Greip da Penha – rua Santa Engracia, 440 – Penha;
- Centro Esportivo Miécimo da Silva – rua Olinda Ellis, 470 – Campo Grande;
- Cidade das Crianças – estrada Rio Santos, km 01 – Santa Cruz;
- Parque da Vizinhança Dias Gomes – estrada do Camboatá, s/n – Deodoro.

96 mortos
O número de mortos devido às chuvas chega a 95, segundo o último levantamento da Defesa Civil Estadual. O sistema AlertaRio, da Prefeitura do Rio de Janeiro, colocou toda a capital em alerta máximo para chuva forte nas próximas horas.

Segundo a prefeitura, há grande chance de deslizamentos e alagamentos generalizados em razão da chuva prevista para o final da tarde. Até o momento, 101 pessoas foram resgatadas com vida e encaminhadas a hospitais da região. As buscas aos desaparecidos continuam, mas o número ainda não foi confirmado.

Foram 35 mortes no Rio de Janeiro e 35 feridos resgatados (14 mortos no morro dos Prazeres, 5 no dos Macacos e 5 no Turano), 48 mortes em Niterói, e o restante nos municípios de Petrópolis, na região serrana, São Gonçalo (9 mortes e 16 feridos), região metropolitana, Nilópolis (1 morte e 3 feridos), Paracambi (1 morte), na Baixada Fluminense, e Petrópolis (1 morte e 5 feridos).

Pelo menos quatro unidades do Corpo de Bombeiros atendem ocorrências de deslizamentos no bairro de Santa Teresa, zona sul, no final da tarde. Também pode haver mais vítimas em Niterói e Jacaré, informou a corporação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos