Chuvas matam um, destroem casas e deixam desabrigados em AL

Carlos Madeiro
Especial para o UOL Notícias

Em Maceió

As fortes chuvas que caem em Alagoas desde a noite desta quinta-feira (8) causaram destruição em pelo menos seis cidades do Estado e provocaram uma morte. A Defesa Civil Estadual está em alerta, e a previsão do tempo aponta para um temporal neste sábado e mais chuvas durante todo o fim de semana.

Os maiores danos materiais aconteceram no município de Maribondo, no agreste do Estado. Segundo balanço inicial da Defesa Civil, pelo menos oito casas foram destruídas e dezenas ameaçadas foram interditadas porque correm risco de desabar. A cidade está com mais de 150 pessoas desabrigadas, que foram levadas para uma escola pública.

Por conta da chuva, a cidade ficou por mais de 15 horas sem energia –que só foi restabelecida no início da tarde desta sexta-feira (9). Mas os moradores ainda permanecem sem comunicação, já que o sinal de telefonia móvel e fixa e de internet foi danificado pela força da água.

O prefeito José Marcio Tenório afirmou que a situação da cidade é de “calamidade”. “Muita gente perdeu tudo o que tinha. E o pior é que a chuva deve continuar e não sabemos o estrago que ela pode acarretar. As pessoas têm de sair de casa, porque podem ocorrer tragédias. Mas nesta noite tivemos dificuldade em tirar pessoas, inclusive idosos, que se recusaram a deixar o local”, disse.

Morte
Uma pessoa morreu em São Sebastião, também na região agreste. O cortador de cana José Ronaldo dos Santos, 43, foi encontrado por familiares morto na manhã desta sexta-feira, no sistema de esgoto da cidade.

Segundo o primo da vítima, José Bernardo, o cortador de cana caiu em um bueiro aberto, na noite desta quinta, na rua em frente a uma lotérica onde iria pagar uma conta. “Ele saiu da calçada e, ao pisar na rua, caiu na galeria e foi levado. Começamos uma busca às 3h da manhã e achamos o corpo dele às 5h”, contou.

Ainda em São Sebastião, a água inundou ruas, casas e estabelecimentos comerciais, mas sem registro de desabamento de casas ou de desabrigados.

Em Girau do Ponciano, também no agreste, a agência do INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) precisou suspender o atendimento ao público por conta da invasão da água. O muro de uma escola pública desabou, mas ninguém se feriu. As aulas estão suspensas.

Na cidade de Arapiraca, a maior do interior, muitas ruas foram alagadas na noite de quinta. Na rua Nossa Senhora de Fátima um buraco foi aberto pela água, e o trânsito teve que ser interrompido. O canal que fica à beira de uma rodovia transbordou e levou lixou para o local, dificultando o trânsito.

O município de Pilar, na região metropolitana de Maceió, também sofreu com a chuva nesta madrugada. Uma encosta próxima à área central da cidade cedeu, e a lama invadiu praticamente todas as lojas do centro e várias casas próximas ao local. Nesta sexta-feira, a prefeitura realizou um mutirão para limpar as ruas. Boa parte das lojas permaneceram fechadas durante todo o dia.

Em Capela, no vale do Paraíba, choveu 48 mm em apenas meia hora na tarde desta sexta-feira, o que causou diversos transtornos e destruição. Segundo a coordenadora da Defesa Civil de Capela, o temporal destruiu pelo menos uma casa e deixou uma família desabrigada no município. “Várias ruas foram alagadas. Iríamos ter mais problemas, mas tivemos a autorização do prefeito para destruirmos o cais à beira do rio Paraíba para que a água não invadisse as casas", afirmou.

Previsão de temporal
O meteorologista Humberto Barbosa, coordenador do Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélites, confirmou que várias cidades do interior foram atingidas pelos temporais, e a previsão é de chuvas ainda mais fortes no fim de semana, inclusive para a capital. “Teremos chuva forte amanhã [sábado] à tarde. Algo em torno de 80 mm ou mais em três horas. Isso é bem significativo e já enviei alerta à Defesa Civil”, informou.

A Defesa Civil de Maceió informou que reforçou o plantão de profissionais e está em alerta 24 horas para qualquer ocorrência grave.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos