Acusado de mandar matar Dorothy tem novo julgamento marcado para hoje

Da Agência Brasil
Em Brasília

Está marcado para hoje (12), no Tribunal do Júri de Belém, o novo julgamento do fazendeiro Vitalmiro Bastos de Moura, o Bida, acusado de ser o mandante da morte da missionária americana Dorothy Stang.

Este é o terceiro julgamento de Bida. No primeiro, ele foi condenado a 30 anos de prisão, mas obteve o direito a um novo júri. No segundo, ele foi absolvido, mas a sentença foi anulada. O julgamento de hoje (12) deveria ter ocorrido em 31 de março, mas foi adiado devido à ausência dos advogados de defesa.

O crime ocorreu em 12 de fevereiro de 2005 em Anapu (PA). Até agora, foram condenados Rayfran das Neves, que cumpre pena de 28 anos de prisão, Clodoaldo Batista, condenado a 17 anos, e Amair Feijoli, a 18 anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos