Angra dos Reis recebe verbas federais para contenção de encostas e construção de casas

Da Agência Brasil

No Rio de Janeiro

Quatro meses depois de ter sofrido com as chuvas que mataram 53 pessoas na virada do ano, o município de Angra dos Reis, no sul fluminense, recebeu as verbas federais para iniciar obras de reconstrução. No total, foram liberados R$ 80 milhões, sendo R$ 50 milhões destinados a obras de contenção dos morros e R$ 30 milhões para a construção de 800 apartamentos para as famílias desabrigadas.

Segundo a prefeitura de Angra dos Reis, desde janeiro o município já gastou R$ 10 milhões, de recursos próprios, com obras emergenciais e benefícios sociais para as famílias atingidas.

O contrato com as empresas de engenharia que executarão os serviços foi assinado no último dia 9. Os trabalhos foram iniciados no dia seguinte. Os muros de contenção serão construídos na praia do Bananal e no morro da Carioca, onde ocorreram as mortes, além das comunidades de Bonfim, do Carmo, da Glória e de São Bento.

O secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Marco Aurélio Vargas, afirma que a situação de Angra está hoje sob controle. Depois das chuvas de janeiro, 1.747 casas foram interditadas e muitas já foram demolidas. Um mapeamento geológico da cidade também está sendo feito.

“Com a ajuda do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) estamos elaborando um sistema de alerta de chuvas, para que seja possível evitar situações críticas como a que tivemos no réveillon”, disse Marco Aurélio.

Já os apartamentos que serão construídos terão 45 metros quadrados, com dois quartos, sala, banheiro e cozinha. A conclusão das obras está prevista para dez meses, mas o prefeito Tuca Jordão quer que as famílias se mudem até o final deste ano. Atualmente, os moradores desalojados recebem um salário mínimo para pagar as despesas temporárias com aluguel.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos