Prejuízos de Sergipe com as chuvas chegam a R$ 75 milhões

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Atualizada às 20h08

Além das mortes e do sofrimento, as chuvas que castigaram os Estados do Nordeste na última semana causaram prejuízos financeiros altos para as cidades mais atingidas. Só no Sergipe, segundo informações do governo estadual local, os danos somam inicialmente R$ 75 milhões.

No sábado, o governador Marcelo Déda (PT) apresentou ao ministro da Integração Nacional, João Santana, os relatórios dos estragos. De acordo com o levantamento, oito municípios (Aracaju, Nossa Senhora do Socorro, Laranjeiras, São Cristóvão, Carmópolis, Pacatuba, Ilha da Flores e Neópolis) já decretaram estado de emergência.

São 2.773 desalojados, 1.432 desabrigados, 53 feridos, 243 casas destruídas e 2.209 danificadas e sem registro de mortes. Ainda há a possibilidade de mais sete cidades solicitarem ajuda.

O governo estadual está atuando para ajudar a população. Já enviou 1.293 colchões, 947 lençóis, 1.353 cobertores, 255 filtros, 502 travesseiros, 170 toalhas, 330 litros de água sanitária, 180 metros de lona plástica e 3.688 cestas básicas às cidades com mais necessidade.

Na Bahia, o quadro não é diferente. Apesar de ainda não haver uma estimativa dos prejuízos em dinheiro, 31 municípios decretaram situação de emergência entre fevereiro e abril. Desses, 12 contabilizaram os estragos causados pelas chuvas: são 2.367 desalojados, 1.645 desabrigados e sete óbitos. O total de afetados nesses municípios é de 62.335 pessoas, entre quem não conseguiu ir à escola, trabalhar ou exercer suas atividades cotidianas. Hoje (19), os alunos da rede municipal de Salvador voltaram às aulas, depois de vários dias de escolas fechadas.

Já no Maranhão, as chuvas que ainda estão começando a ganhar intensidade já provocam problemas nas rodovias que atravessam o Estado, gerando buracos e trincas nas pistas. Além disso, segundo o coronel da Defesa Civil Roberio dos Santos, no município de Buriticupu um delizamento provocou a morte de três pessoas. “Em Trizidela do Vale a situação também preocupa. O rio começa a encher, como todos no Estado, e quatro famílias estão desabrigadas”, disse. “Estamos de prontidão para ajudar a população se as previsões de mau tempo se confirmarem.”

Neste fim de semana choveu forte também no Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí, na Paraíba e em Pernambuco. Segundo o coordenador municipal da Defesa Civil de Natal, coronel Marcos Pinheiro, as chuvas do fim de semana causaram apenas danos materiais. “Tivemos algumas ocorrências pontuais e alguns alagamentos. O asfalto cedeu em alguns bairros, tivemos quedas de árvores, algumas colisões de veículos, porém não houve vítimas”, disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos