Acesso ao Cristo Redentor, no Rio, é reaberto após duas semanas fechado por causa da chuva

Vitor Abdala
Da Agência Brasil
Do Rio de Janeiro

O acesso rodoviário ao Corcovado e ao monumento do Cristo Redentor, que estava fechado há duas semanas, reabriu na manhã de hoje (21). O ponto turístico da zona sul do Rio, considerado uma das sete maravilhas do mundo, foi fechado depois que as fortes chuvas do início de abril provocaram deslizamentos de encostas e bloquearam os acessos deste setor do Parque Nacional da Tijuca.

Por enquanto, o acesso está aberto apenas aos veículos de turismo e a táxis. Os carros de passeio terão que estacionar fora da entrada do Parque Nacional da Tijuca, na rua Almirante Alexandrino. O horário de fechamento desse setor do parque também foi antecipado das 18h para as 17h. Além disso, o trem do Corcovado continua fechado. Segundo o chefe do parque, Bernardo Issa, a visitação será interrompida caso haja sinais de chuva.

“A gente abriu com base em laudos da Geo-Rio [empresa de geotecnia do Rio] e da Defesa Civil e estamos seguindo as recomendações desse laudo, como não ter trânsito muito grande dentro do parque. Além disso, a gente diminuiu o horário de visitação em uma hora [em vez de fechar às 18h, fechará às 17h] para que não haja trânsito noturno na estrada. Outra medida é, a qualquer sinal de chuva, vamos fechar à visitação”, disse Issa.

As equipes do Parque Nacional, da Defesa Civil e da Guarda Municipal coordenarão a retirada das pessoas do monumento, caso volte a chover na cidade. As chuvas da semana retrasada provocaram inúmeras quedas de barreira e inundações no estado. Pelo menos 256 pessoas morreram, sendo a maioria em Niterói (168) e na cidade do Rio (68).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos