PF investiga fraude de R$ 100 mi de contribuintes do DF

Camila Campanerut
Do UOL Notícias

Em Brasília

A Polícia Federal cumpriu nesta quinta-feira (29) no Distrito Federal mandados de busca e apreensão em uma operação que investiga 500 pessoas suspeitas de fraudarem as declarações do Imposto de Renda nos últimos cinco anos. O valor do prejuízo aos cofres públicos chega a R$ 100 milhões.

A operação, batizada de Risco Duplo, é um trabalho conjunto da Receita Federal, da Polícia Federal e do Ministério Público Federal.

“Foi um trabalho de quase um ano do grupo de inteligência da Receita, por meio da análise de um conjunto de declarações que, sistematicamente, caíam na malha fina e tinham os mesmos padrões de infração, como aumento de despesa médica e mais de um plano de saúde”, explica o subsecretário de fiscalização da Receita Federal, Marcos Vinicius Neder.

Foram apreendidos computadores e documentos de contribuintes ligados a três escritórios de contabilidade que cometiam fraudes semelhantes.

Segundo a Receita, os contribuintes serão intimados para comprovarem as informações declaradas. Caso seja constatada a irregularidade, os acusados poderão ter de pagar multa de até 150% do imposto omitido e podem responder a crimes contra a ordem tributária. A punição vai de dois a cinco anos de prisão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos