Moradores de favelas do Rio protestam contra remoção de quem vive em áreas de risco

Da Agência Brasil

No Rio de Janeiro

Famílias que moram em áreas de risco no Rio de Janeiro fizeram um protesto hoje (30), em frente à sede da prefeitura, na Cidade Nova, contra a remoção de moradores de favelas. A maioria dos manifestantes vive em regiões afetadas pelo temporal que atingiu o Estado do Rio de Janeiro no mês passado e que acabou provocando a morte de 256 pessoas.

 

Líderes de movimentos sociais se revezaram ao microfone, enquanto faixas contra as remoções foram estendidas. Uma carta aberta com as reivindicações das comunidades foi distribuída, mas a comissão organizada pela Pastoral das Favelas para dialogar com as autoridades municipais não foi recebida pelo prefeito Eduardo Paes (PMDB), sob a alegação que ele estava fora, participando de outro evento.

 

“Nós estamos abrindo nossos espaços. No ato temos gente de vários segmentos da sociedade e movimentos sociais que, juntos, podem contribuir para a transformação dessa sociedade que privilegia os ricos e pune os mais pobres. A igreja tem sido um canal de mediação, criamos um conselho popular juntando essas entidades para defender o direito à moradia”, disse o padre Luiz Antônio Pereira, coordenador da Pastoral das Favelas.

 

A Secretaria Municipal de Habitação informou, por meio da assessoria, que os moradores têm o direito de se manifestar e que não foi procurada pelos participantes do protesto.

 

Na próxima terça-feira, 4 de maio, haverá uma audiência pública da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados no Rio de Janeiro para discutir a questão urbana “do ponto de vista do direito à cidade para aqueles que não têm seus direitos assegurados”, informou o deputado federal Chico Alencar (PSOL-RJ), que participou do protesto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos