Vítimas das chuvas em Niterói começam a receber auxílio aluguel

Daniel Milazzo
Especial para o UOL Notícias

No Rio de Janeiro

Começa nesta terça-feira (4) o repasse do auxílio aluguel às famílias de Niterói afetadas pelas fortes chuvas que atingiram o Rio de Janeiro no mês passado. Até quinta-feira (6), um total de 3.152 famílias deverá receber o auxílio no valor de R$ 400, liberado pelo governo do Estado e distribuído pela prefeitura.

Para poder retirar a quantia, os beneficiários devem comparecer entre 10h e 16h à quadra da Escola de Samba Unidos do Viradouro (avenida do Contorno, 16, Barreto) portando documento que comprove a identidade. Um posto do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) será montado no local para auxiliar as pessoas que estiverem sem documento, já que muitos moradores perderam tudo com a tragédia.

O pagamento do auxílio respeitará a ordem do cadastramento. Hoje serão atendidas as famílias cadastradas do número 01 ao 1.050; amanhã (5), dos números 1.051 ao 2.100; por fim, quinta-feira (6), do 2.101 ao 3.152.

O cadastramento estava sendo realizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social, mas foi encerrado na última sexta-feira (30). A prefeitura informou que “outros casos serão avaliados na sexta-feira (7) no mesmo local e horário”.

De acordo com a Prefeitura de Niterói, as famílias receberão o auxílio durante os próximos três meses –renováveis por outros dois períodos de mais três meses– ou até que consigam nova moradia. A partir do mês que vem, o benefício será concedido mediante ordem de pagamento bancária.

Áreas de risco
Quase um mês depois das chuvas, a Defesa Civil de Niterói ainda registra cerca de 3.000 casas localizadas em área de risco. Apenas no município, a tragédia fez 168 vítimas fatais, 46 delas no morro do Bumba, onde uma equipe de cinco bombeiros permanece trabalhando na busca de corpos e remoção do entulho. Em todo o Estado, o número de mortos registrado até agora é de 256. Segundo dados da Defesa Civil Estadual, as chuvas deixaram 62.479 pessoas desalojadas e 12.354 desabrigadas.

A maioria dos desabrigados de Niterói está alocada em escolas da rede municipal. No final de abril, o governo estadual entregou 93 novos apartamentos no condomínio Várzea Moça.

No município vizinho de São Gonçalo, região metropolitana do Rio, as primeiras das cerca de 1.200 famílias cadastradas começaram a receber o aluguel social nesta segunda-feira (3).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos