CCJ aprova obrigatoriedade de câmeras em ônibus interestaduais e intermunicipais

Da Agência Câmara

Em Brasília

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) considerou constitucional proposta que obriga as empresas de ônibus a instalar aparelhos de GPS e câmeras de vídeo em seus veículos de transporte intermunicipal e interestadual. Conforme a proposta, as fitas gravadas nos ônibus deverão ficar arquivadas por dois anos. A proposta ainda será analisada pelo Plenário e pelo Senado.

O texto estabelece multa de R$ 1,5 mil por veículo, no caso descumprimento da medida, e cassação da concessão da linha explorada, no caso de reincidência.

Essas medidas constam de substitutivo da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado ao Projeto de Lei 879/03, do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que tramita apensado ao PL 1884/03, do deputado Walter Pinheiro (PT-BA).

A comissão analisou apenas a admissibilidade da proposta (não o mérito). Também foram considerados constitucionais o projeto original e o apensado. Entretanto, terá prioridade na votação do Plenário o substitutivo da Comissão de Segurança. Os projetos serão votados pelo Plenário se o substitutivo for rejeitado.

Entre outras diferenças, o PL 879 obriga a instalação de câmeras também nos ônibus urbanos e determina a manutenção das fitas por cinco anos. O apensado diz respeito ao transporte interestadual e intermunicipal. Os dois projetos e o substitutivo da Comissão de Segurança haviam sido rejeitados pela Comissão de Viação e Transportes.

O relator do projeto na CCJ, deputado Geraldo Pudim (PMDB-RJ), afirma que o aumento de gastos das empresas de ônibus com os novos aparelhos obrigatórios será insignificante no longo prazo. "Esses custos são apenas iniciais e podem ser compensados com a redução de prêmios de seguro ou indenizações de vítimas de assaltos, pois é de conhecimento geral que os valores dos seguros cobrados para veículos dotados de sistema sistemas de rastreamento por GPS são significativamente inferiores aos daqueles que não possuem tais sistemas", argumenta.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos