Servidores da PF fazem plebiscito para avaliar direção

Vinicius Konchinski
Da Agência Brasil
Em São Paulo

Além da paralisação em defesa da restruturação das carreiras, os servidores da Polícia Federal (PF) realizam hoje (19) um plebiscito para avaliar a diretoria da corporação. A votação vai mostrar a opinião dos policiais sobre o diretor-geral da PF, Luiz Fernando Corrêa, dos 27 superintendentes estaduais e dos chefes de delegacias do órgão.

O presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Marcos Vinicius Wink, disse que urnas foram distribuídas em todos os Estados do país, até mesmo nas delegacias mais afastadas. Ele afirmou que o resultado do plebiscito vai servir para embasar possíveis reivindicações dos policiais relacionadas à conduta dos diretores.

“Isso está sendo feito agora em razão das reclamações, da insatisfação dos policiais”, afirmou Wink. “Depois, com o resultado, nós vamos produzir documentos e informar o Ministério da Justiça e a Casa Civil.”

Esta é a segunda vez que os servidores da PF realizam este tipo de plebiscito, segundo Wink. O primeiro foi feito quando o hoje senador Romeu Tuma era diretor-geral da corporação, na década de 80.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos