Vítimas de enchentes em São Paulo têm mais uma semana para pedir saque do FGTS

Da Agência Brasil

A Caixa Econômica Federal prorrogou por mais uma semana o atendimento em posto centralizado para receber os pedidos de saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) dos moradores das áreas atingidas pelas cheias na região leste da cidade de São Paulo.

O prazo de atendimento no Posto Temporário, instalado especificamente para esse fim, na Avenida Imperador, 1900 - Cidade AE Carvalho, havia sido prorrogado até ontem (21). Entretanto, segundo a Caixa, há grande número de clientes que continuam procurando informações no posto. Agora o posto só vai fechar na próxima sexta-feira (28). O horário de atendimento permanece das 9h às 17h.

O estado de calamidade foi reconhecido pela Prefeitura de São Paulo nos bairros Jardim Romano, Chácara Três Meninas, Vila das Flores, Jardim São Martino, Jardim Novo Horizonte, Vila da Paz, Jardim Santa Margarida, Vila Seabra, Jardim Noêmia, Vila Aimoré, Vila Itaim, Jardim Pantanal e Jardim Helena, todos no distrito de São Miguel Paulista.

Tem direito ao saque do FGTS somente o trabalhador que residir na área alagada ou atingida pela enchente e que tenha sido cadastrado pela Prefeitura Municipal de São Paulo. As áreas foram delimitadas no Formulário de Avaliação de Danos, elaborado pela prefeitura, e constante no processo que estabeleceu o estado de calamidade.

Para pedir o resgate, o titular da conta do FGTS deve apresentar o Cartão do Cidadão (se tiver), ou PIS/Pasep, Documento de Identidade original e Carteira de Trabalho. Para a comprovação da residência, será consultado cadastro elaborado pela Secretaria da Habitação, do qual constam todas as pessoas atingidas pelas cheias na região de abrangência do Decreto de Calamidade.

Caso o morador compareça no Posto de Atendimento Temporário da Caixa e não conste no banco de dados da Prefeitura, poderá obter orientações no posto da Secretaria Municipal de Habitação também instalado no local.

Quem conseguiu dar entrada com o pedido de resgate deverá aguardar o prazo regulamentar de cinco dias úteis para realizar o saque. O FGTS pode ser sacado em qualquer agência da Caixa.

Para os valores até R$ 1 mil, o recebimento também poderá ser realizado em lotéricas ou em máquinas de auto-atendimento nas agências da Caixa, para quem tiver o Cartão do Cidadão com senha. A vantagem dessa opção é que a retirada poderá ser feita em horário comercial, mais amplo que o de atendimento bancário.

Até a última quinta-feira (19), haviam sido liberadas 10.164 contas de FGTS para pagamento , no valor de R$ 8.789.537,52.

A Caixa havia identificado inicialmente 5.155 contas vinculadas do Fundo de Garantia com valor aproximado de R$ 4,1 milhões. A superação na quantidade de contas liberadas se deu por dois motivos: o número de moradores cadastrados pela Secretaria Municipal de Habitação aumentou e a apresentação da Carteira de Trabalho (CTPS) possibilitou que os empregados da Caixa conseguissem localizar outras contas na base do Fundo de Garantia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos