Condenado pela morte de Tim Lopes foge da prisão no RJ

Do UOL Notícias
Em São Paulo

A Secretaria Estadual de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro confirmou nesta segunda-feia (24) que Ângelo Ferreira da Silva, um dos presos condenados pela morte do jornalista Tim Lopes em 2002, está evadido do sistema prisional.

Como informou o órgão, ele foi preso em dezembro de 2004 e cumpria normalmente sua pena no regime semi-aberto no presídio Benjamin de Moraes Filho quando, há cerca de quatro meses, saiu para trabalhar e nunca mais voltou.

Tim Lopes desapareceu em 2 de junho de 2002 na Vila Cruzeiro, favela que faz parte do complexo do Alemão, depois de ser reconhecido e capturado por traficantes ligados a Elias Maluco, quando fazia reportagem sobre um baile funk onde haveria consumo de drogas e sexo explícito.

Lopes foi levado para o morro da Grota, também no complexo do Alemão, onde teria sido esquartejado e queimado em pneus - método conhecido como "micro-ondas" e usado para apagar vestígios da morte. Dos nove indiciados pelo assassinato, dois morreram: André da Cruz Barbosa, o André Capeta, e Maurício de Lima Matias.

Elias Maluco, tido como um dos traficantes responsáveis pelo crime, foi condenado a 28 anos e seis meses de prisão em 25 de maio de 2005. O júri, composto por cinco mulheres e dois homens, considerou o réu culpado de homicídio triplamente qualificado, formação de quadrilha e ocultação de cadáver. Além Maluco, outros cinco homens foram condenados pelo crime.

* Com informações da Folha.com

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos