Paraná ainda não atingiu meta de vacinação de crianças e adultos de 30 a 39 anos

Lúcia Nórcio
Da Agência Brasil

Em Curitiba

Apesar de ser o primeiro estado a ultrapassar a marca de 90% de vacinação contra a influenza A (H1N1) – gripe suína –, o Paraná ainda não conseguiu alcançar a meta de 80%, definida pelo Ministério da Saúde, em dois grupos. Até a manhã de hoje (2), apenas 15% das crianças de 2 a 5 anos incompletos haviam sido vacinadas, um total de 70.261 meninos e meninas. Na faixa etária de 30 a 39 anos, a cobertura está em 70%, com 1.145.865 de imunizados. Hoje é o último dia da campanha de vacinação contra a doença em todo o país.

No Paraná, a meta entre as gestantes foi atingida ontem (1º). Em todo o estado, 113.232 grávidas receberam a vacina, 80% desse público-alvo. Até agora 4.918.741 pessoas foram imunizadas. Em Curitiba, a cobertura geral já é quase 20% superior à estimada pelo Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde.

A Secretaria Municipal da Saúde informou que na cidade 1.078.581 pessoas estão protegidas – 19,7% a mais do que a população inicialmente prevista, de 900.835 habitantes.

Após duas semanas de campanha e oito dias de prorrogação, 249.953 adultos de 30 a 39 anos receberam a dose na capital paranaense, alcançando 78,7% de cobertura. A expectativa da Central de Vacinas da secretaria é que até o final do dia o número chegue a 80%. Já entre as crianças de 2 a 4 anos, foram aplicadas 47.115 doses aplicadas, o que representa uma cobertura de 67,7%.

O último boletim da Secretaria Estadual da Saúde mostra que desde o início do ano foram confirmados 1.223 casos de influenza A (H1N1) – gripe suína – no Paraná, com 11 mortes decorrentes de complicações da doença.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos