TJ-SP adia julgamento sobre semiaberto para Suzane von Richthofen

Do UOL Notícias
Em São Paulo

O Tribunal de Justiça de São Paulo adiou nesta quinta-feira (10) o julgamento do novo pedido de Suzane von Richthofen, que volta a insistir que reúne condições para cumprir o restante da pena em regime semiaberto. Ela foi condenada a 38 anos de prisão por participar do homicídio dos pais em 31 de outubro de 2002.

O julgamento, que estava marcado para hoje, deve acontecer na próxima quinta-feira.

A defesa quer que Suzane seja transferida para um centro de ressocialização ou tenha direito à progressão para trabalhar fora da prisão. A estudante está na penitenciária de Tremembé (a 147 km de São Paulo). Segundo seu advogado, a jovem preenche todos os requisitos previstos na Lei de Execuções Penais para receber o benefício.

De acordo com a defesa, o fato de Suzane ser mantida em Tremembé é indevida, injusta e desumana, resultando na imposição de um regime prisional bem mais rigoroso do que ela tem direito de cumprir. “Suzane reúne, efetivamente, condições favoráveis para progredir de regime, diante do preenchimento dos requisitos previstos no artigo 112 da LEP [Lei de Execuções Penais]”, afirmam seus advogados.

A defesa sustenta ainda que manter Suzane um regime prisional mais severo fere os princípios constitucionais da “reserva legal, do devido processo legal e da individualização da pena”, além do princípio da dignidade da pessoa humana.

Além disso, os advogados sustentam que a jovem tem personalidade propensa à ressocialização e está comprometida com a readaptação para a vida em liberdade.

Suzane já teve negado pedido de semiaberto pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça), em caráter liminar, e arquivado pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

Junto com os irmãos Daniel, seu namorado, e Christian Cravinhos, Suzanne participou do assassinato dos pais, o engenheiro Manfred Albert freiherr von Richthofen e a psiquiatra Marísia von Richthofen, mortos a golpes de barras de madeira e ferro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos